in

Kernel 5.5-rc1 lançado com mais de 12.500 commits

Veja o que esperar do novo Kernel.

Kernel Linux 5.5-rc1 lançado com mais de 12.500 commits

O desenvolvedor Linus Torvalds acaba de anunciar o primeiro candidato a lançamento do ciclo Linux 5.5. Assim, está seguindo a tradicional janela de mesclagem de duas semanas. Portanto, o Kernel Linux 5.5-rc1 lançado com mais de 12.500 commits.

Veja nossa recém-publicada visão geral dos recursos do Linux 5.5 para saber sobre todas as novas mudanças e melhorias neste kernel – há muitas.

Kernel Linux 5.5-rc1 lançado com mais de 12.500 commits

No anúncio do 5.5-rc1, Linus comenta que tudo parece “bastante regular” e uma “janela de mesclagem comum”, embora um pouco maior do que o normal para uma base de commits. Há a rotatividade usual de drivers, melhorias na documentação, novas ferramentas e muitas alterações no código. A janela de mesclagem do Linux 5.5 tem mais de 12.500 confirmações (commits) sem mesclagem.

O Linux 5.5 estreará como estável no final de janeiro ou início de fevereiro, se tudo der certo.

O que esperar do novo Kernel

Kernel Linux 5.5-rc1 lançado com mais de 12.500 commits

Entre as muitas alterações encontradas no Linux 5.5 estão:

  • o suporte para o Raspberry Pi 4 e BCM2711;
  • várias alterações de desempenho ainda estão sendo exploradas;
  • suporte para relatar temperaturas da unidade NVMe;
  • um novo driver de teclado da Logitech;
  • suporte para HDCP da AMD para proteção de conteúdo;
  • ativação suporte de voz dos Chromebooks;
  • a introdução do KUnit para testar a unidade do kernel;
  • novos modos RAID1 bastante interessantes para o Btrfs e muito mais.

Abaixo está uma visão mais detalhada. Lembrando que o Kernel Linux 5.5-rc1 lançado com mais de 12.500 commits

Gráficos:

  • Melhorias contínuas para a atualização de GPU baseada em AMD Arcturus Vega;
  • Suporte AMDGPU HDCP para Raven Ridge e mais recentes;
  • Suporte AMDKFD para a arquitetura POWER, porém, os patches de espaço para usuário do ROCm POWER ainda estão pendentes;
  • Continuação da integração dos gráficos Intel Gen12/Tiger Lake, juntamente com o suporte inicial ao Intel Jasper Lake;
  • O driver de decodificação de vídeo Allwinner Cedrus agora suporta HEVC/H.265;
  • Overclive AMD OverDrive para GPUs Navi.

Processadores:

  • Modos Btrfs RAID1C3/RAID1C4 que permitem três e quatro cópias de dados com recursos RAID1 nativos da Btrfs para oferecer suporte mais redundante;
  • Suporte do Broadcom BCM2711 SoC para o Raspberry Pi 4;
  • Suporte KVM para convidados/VMs seguros IBM POWER;
  • A KVM agora também oferece suporte a tabelas de páginas de cinco níveis, otimizações de Retpoline e outras melhorias Intel/AMD para virtualização;
  • Suporte SECCOMP para RISC-V, além de suporte ao “Modo M” da arquitetura e outros aprimoramentos;
  • Suporte para a nova variante Loongson 3A para este processador baseado em MIPS;
  • O suporte a paginação em nível 5 da Intel está ativado por padrão para suportar maior espaço de endereço virtual e físico;
  • Alterações significativas no agendador do kernel do Linux;
  • Verificação de integridade da saída RdRand ao lidar com CPUs AMD anteriores/firmware da placa-mãe;
  • Atualizações tardias de microcódigo da CPU em paralelo;
  • Habana Labs se preparando para o futuro suporte do ASIC;
  • Solução de um bug do Arm Neoverse N1;
  • Suporte para estações de trabalho SGI Octane MIPS vintage;

Sistemas de armazenamento/arquivos:

  • Suporte ao cliente NFS para cópias descarregadas em dispositivos diferentes para transferências de servidor para servidor com a funcionalidade de cópia no servidor NFSv4.2;
  • correções F2FS;
  • Muitas mudanças no XFS;
  • O EXT4 agora possui E/S direta via iomap e suporte FSCRYPT para tamanhos de bloco menores;
  • As temperaturas da unidade NVMe SSD agora estão convenientemente expostas via sysfs, em vez de precisar de componentes especiais no espaço do usuário;
  • Um novo driver HMEM para memória de finalidade específica da EFI para casos como a memória persistente Intel Optane DC;
  • Melhorias no sistema de arquivos exFAT da Microsoft para esse driver que foi adicionado à preparação do último ciclo.

Outro hardware:

Suporte para alternar os estados do link ASPM individualmente para oferecer melhor economia de energia quando um dispositivo pode ser conectado onde o driver, por padrão, está bloqueando o ASPM;

Uma melhoria no gerenciamento de energia USB do Ice Lake;

A capacidade de inicializar o processador do modem no Snapdragon 835 SoC, o que é importante não apenas para o celular, mas também para o suporte a WiFi;

Um novo driver de teclado da Logitech;

Outro novo driver de hardware é o driver do laptop System76 ACPI Coreboot. Também na frente do laptop estão as melhorias de suporte da Huawei;

Melhorias no Thunderbolt e descontinuação oficial do driver EEPROM destacam as alterações de char/misc;

O novo driver WFX WiFi para ASICs do Silicon Labs WF200;

Suporte ao Wake-On-Voice para Chromebooks selecionados.

Segurança/Outros:

  • KUnit como um meio de teste de unidade no kernel;
  • O sanitizer de simultaneidade do kernel foi adicionado para descobrir as condições de corrida de dados;
  • Suporte da EFI RNG como outra fonte de entropia;
  • Melhorias de criptografia inspiradas na API de criptografia de zinco da WireGuard. Essas mudanças, por sua vez, permitirão ao WireGuard finalmente chegar ao Linux 5.6;
  • A infraestrutura de livepatching do Linux 5.5 agora rastreia o estado do sistema para melhor manipulação / compatibilidade de patches;
  • – Queda da chamada do sistema SYSCTL;.
  • Código do driver AMD IOMMU reformulado;
  • Correções do ano 2038 continuadas;
  • VMs no Microsoft Hyper-V podem finalmente hibernar.

Portanto, este é o novo release candidate do kernel 5.5.

Fonte: Phoronix

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Mozilla lança DeepSpeech 0.6

Mozilla lança DeepSpeech 0.6

Qualcomm anunciou os chips que levarão o 5G ao público

Qualcomm anunciou os chips que levarão o 5G ao público