in

Kernel 5.6 é lançado com suporte a Wireguard e Amazon Echo

Veja estas e outras novidades que devem fazer parte em breve de sua distribuição Linux.

A tradição está mantida. Após dois meses, acaba de ser lançado o Kernel 5.6., a mais nova versão estável desenvolvida por Linus Torvalds e sua equipe. Sendo assim, Torvalds anunciou na noite de domingo a chegada Linux Kernel 5.6 com importantes recursos adicionados como é o caso do suporte ao Wireguard e Amazon Echo. A versão mais recente inclui todas as alterações realizadas durante a janela de mesclagem do kernel 5.6.

Linux Kernel 5.6 chega com novos recursos como Wireguard e Amazon Echo

Kernel 5.6 é lançado com suporte a Wireguard e Amazon Echo

Começando com a mudança mais importante, o Linux 5.6 é o primeiro kernel a resolver o problema do ano 2038. Portanto, agora você pode executar seu sistema de 32 bits além de 19 de janeiro de 2038, sem redefinir o relógio.

Do mesmo modo, mudanças importantes incluem o suporte para o WireGuard VPN, Qualcomm, USB4, alto-falante Amazon Echo e a série de código aberto NVIDIA RTX 2000. Além disso, a v5.6 também inclui o código para o Zen 3 adicionar o suporte ao processador da Family 19h.

Aqui estão os destaques de alguns outros recursos principais:

  • Suporte de convidado do VirtualBox para pasta compartilhada
  • Suporte de barramento virtual Intel
  • Melhorias no dispositivo de entrada da Logitech
  • Novo driver AMD TEE
  • Adicionando espaço para nome de hora
  • Suporte AMD Pollock
  • Cópia de servidor para servidor para NFSD
  • Suporte experimental à compactação de arquivos F2FS
  • Correção de superaquecimento para laptop ASUS com processador AMD Ryzen

Com o Kernel 5.6 lançado, abre-se caminho para o kernel Linux 5.7

Por fim, Torvalds também anunciou a abertura da janela de mesclagem do Linux Kernel 5.7, que já está se tornando um grande lançamento com várias melhorias. Para citar algumas alterações, haverá mais código AMD zen 3, carregamento rápido USB para dispositivos Apple iOS e drivers de disquete.

Portanto, também é provável que o Linux 5.7 inclua suporte para o laptop Linux $ 199 baseado no Pinebook Pro ARM. Se você quiser obter mais informações sobre o Pinebook Pro, leia nosso artigo mais recente aqui e faça uma pré-venda o mais rápido possível.

Fossbytes