Lançado Chrome 70
Imagem original: The Verge

Lançado Chrome 70, a versão mais recente do navegador do Google, está sendo lançado agora em computadores Windows, Mac e Linux. A atualização mostra o Google revertendo algumas das mudanças controversas que fez com a última versão, permitindo que os usuários parem de entrar automaticamente em sua conta do Google depois de logar em um dos aplicativos da gigante de buscas. O Chrome 70 também oferece suporte para aplicativos da Web progressivos, ou PWAs, no Windows.

Quais polêmicas?

É raro ver uma versão controversa de um navegador da Web, mas o Chrome 69 era exatamente isso. Logo após o lançamento, as pessoas começaram a perceber que o navegador estava entrando inesperadamente em suas contas do Google. Essa funcionalidade armazena o histórico, os favoritos e as senhas do navegador nos servidores do Google quando o recurso Sincronizar está ativado. Assim, vinha causando uma grande preocupação de privacidade para muitos.

O Chrome solicita que os usuários ativem o Google Sync depois de adicionar um novo usuário.
 Imagem: Google

Função oculta

Escondida no menu de configurações da versão mais recente do Chrome, há uma opção chamada “Permitir login do Chrome”. Ela pode ser desativada se você preferir não fazer login automaticamente na sua conta do Google no  navegador. O problema, como observa a VentureBeat, é que esse processo é desativado.

Isso significa que todos os usuários do Chrome serão automaticamente conectados ao navegador do Google e provavelmente enviarão seus dados de sincronização, a menos que alterem especificamente essa configuração. O Google diz que o login automático foi ativado para ajudar a deixar claro quando os usuários estão conectados em um dispositivo compartilhado.

O Google também atualizou a interface do Chrome para explicar mais claramente o que está sendo sincronizado. Além disso, mudou a maneira como o navegador limpa os cookies para que ele também exclua os cookies do serviço do Google junto com todo o restante.

Web Apps Progressivos

Um clipe produzido pelo Google mostra como o Spotify pode funcionar como um PWA.
 Imagem: Google

Por fim, o Chrome 70 também oferece suporte a um novo codec de vídeo – AV1. Ele vai substituir o VP9, oferecendo uma compactação muito melhor. Ele também permite que os usuários restrinjam o acesso de host das extensões do Chrome a websites específicos e leva o Chrome para a próxima fase de sua luta contra sites inseguros .

Se você é um usuário do Google Chrome, seu navegador deve solicitar que você aplique a atualização nas próximas semanas. Da mesma forma, se você quiser pegá-lo agora, pode inserir o comando a seguir na barra de endereços. Assim, vai forçá-lo a verificar a atualização.

chrome://settings/help

Fonte

Claylson
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

KDE Plasma 5.14 recebe atualização

Previous article

Google retira Play Store de celulares na Europa

Next article

You may also like

More in Notícias