in

Linus Torvalds muda da Intel para AMD Ryzen Threadripper após 15 anos

Segundo ele, processamento está três vez vezes mais rápido que antes.

O desenvolvedor do Linux, Linus Torvalds, resolveu fazer uma troca radical e, após 15 anos de sistemas Intel, muda para AMD Ryzen Threadripper. Pelo menos é o que se comenta nos bastidores do mundo Linux. Na verdade, isso faz parte de uma história confirmada no anúncio atual do Linux 5.7-rc7 pelo próprio Linus.

Pelo que ele já disse no passado, Linus usa há muito tempo os produtos da Intel, devido ao seu estreito relacionamento com a empresa (e até à proximidade de muitos membros da equipe de código aberto da Intel Portland). De fato, ele comentou que esta é a primeira vez em cerca de quinze anos a não usar um sistema Intel como sua máquina principal. Ele fez essa observação interessante no anúncio do RC7:

De fato, a maior emoção para mim nesta semana foi apenas o upgrade da minha máquina principal e, pela primeira vez em 15 anos, minha área de trabalho não é baseada em Intel. Não, ainda não mudei para o ARM, mas agora estou usando um AMD Threadripper 3970x. Agora, minhas compilações de teste ‘allmodconfig’ são três vezes mais rápidas do que costumavam ser, o que não importa muito no momento durante o período de calma, mas definitivamente notarei a atualização durante a próxima janela de mesclagem.

Linus Torvalds muda da Intel para AMD Ryzen Threadripper após 15 anos

O Threadripper 3970X e o restante da série 3900 são ótimas opções para desenvolvedores de kernel e para aqueles que frequentemente compilam grandes bases de código. Ele não mencionou a CPU no equipamento anterior da Intel, porém, está vendo versões 3x mais rápidas.

Com a próxima janela de mesclagem do Linux 5.8 no início de junho, seu sistema Threadripper certamente terá um ótimo treino.

Por sua vez, isso também é uma boa notícia para os usuários do AMD Ryzen Linux: como Torvalds está constantemente construindo o código do kernel mais recente para a linha principal, ele tende a gritar em público e em voz alta quando qualquer código que quebra nos seus sistemas devido a falhas de teste ou coisas mal testadas.

Assim, com a exposição extra e imediata no Threadripper, ele esperançosamente detectará qualquer regressão de quebra de kernel mais rapidamente e quem sabe quaisquer outras melhorias que ele possa conseguir enquanto está usando o novo sistema.