in

Linux Lite é a primeira distro com Kernel 5.6

Mais uma vez a distribuição sai na frente com um novo kernel.

Eles saíram na frente mais uma vez. Os desenvolvedores do Linux Lite anunciaram que já estão rodando a mais recente série do kernel Linux 5.6 nos repositórios de software. A distro Linux Lite é baseada no Ubuntu e, portanto, se tornou a primeira com o Kernel Linux 5.6. Este foi anunciado no último domingo, dia 29 de março, pelo desenvolvedor Linus Torvalds.

O Linux kernel 5.6 é a série de kernel mais avançada disponível até o momento e a primeira a ser fornecida com a poderosa e segura solução VPN WireGuard integrada.

Linux Lite é a primeira distro com Kernel 5.6

Linux Lite é a primeira distro com Kernel 5.6

Obviamente, o suporte ao WireGuard não é o único recurso da série de kernel Linux 5.6, que também vem com:

  • suporte a USB4;
  • um novo driver térmico de resfriamento ocioso da CPU;
  • suporte ao AMD Pollock;
  • um novo sistema de arquivos Zonefs para dispositivos de bloco zonados e muito mais.

Então, o desenvolvedor Jerry Bezencon foi rápido ao empacotar o kernel Linux 5.6 para todas as versões Linux Lite suportadas. Portanto, isso significa que os usuários podem instalá-lo a partir dos principais repositórios de software seguindo as instruções abaixo.

Instalando o kernel do Linux 5.6 no Linux Lite

Linux Lite é a primeira distro com Kernel 5.6

Para instalar o kernel Linux 5.6 no seu computador Linux Lite executando o Linux Lite 4.x ou Linux Lite 3.x series, você deverá abrir o utilitário Lite Tweaks através do menu Aplicativos> Sistema. Então, depois deve selecionar o recurso Instalador do Kernel ou executando o comando abaixo em um emulador de terminal.

sudo apt-get update && sudo apt-get install linux-headers-linuxlite-5.6.0 linux-image-linuxlite-5.6.0 -y

Entretanto, observe que, se o seu hardware não exigir um novo kernel, não é recomendável instalar o kernel 5.6 do Linux. Instale-o apenas se precisar de suporte para determinados componentes que não funcionam corretamente com uma versão anterior do kernel Linux.

Se você usa drivers proprietários, este kernel pode quebrar a funcionalidade com esses drivers. No entanto, se você possui drivers proprietários instalados e ainda quiser continuar com essa instalação do kernel, você deve ser capaz de reparar seus drivers. Se não for, NÃO instale este kernel, alertou Jerry Bezencon.

9to5 Linux