Mais de 100 marcas interrompem os anúncios no X

Empresas não querem mais anunciar no X

Jardeson Márcio
3 minutos de leitura

O X de Elon Musk está tendo algumas perdas. Mais de 100 marcas já interromperam os anúncios no X sobre conteúdo anti-semita que pode ser propagado na rede social. Eles estão seguindo o exemplo de empresas como Apple e Disney, que tomaram a decisão no início da semana passada. A própria X estimou que o impacto financeiro poderia ser de cerca de US$ 11 milhões (cerca de R$ 53,5 mi), mas os próprios documentos internos da empresa revelam que a perda total poderia chegar a US$ 75 milhões (cerca de R$ 364,9 mi).

Marcas interrompem os anúncios no X

Se você acredita no proprietário do X, Elon Musk, então as consequências se devem a um teste realizado pela Media Matters, que mostrou que os anúncios de grandes marcas como Apple e Disney estavam sendo exibidos ao lado de discursos de ódio extremistas, incluindo conteúdo anti-semita. Musk afirma que os dados são “fraudulentos” e imediatamente instigou uma ação judicial contra a publicação.

Muitas das marcas que suspenderam a publicidade no X dizem que estavam mais preocupadas com o comportamento do próprio Musk, que respondeu a uma postagem antissemita com o comentário: “Você disse a verdade”. Esse comentário permanece na plataforma quase duas semanas depois, sem nenhum sinal de retirada ou pedido de desculpas, lembra o 9to5Mac. Musk já ameaçou processar a Liga Antidifamação depois que a organização destacou conteúdo racista no X.

mais-de-100-marcas-interrompem-os-anuncios-no-x

Mais de 100 marcas cessaram os anúncios na plataforma

Inicialmente, foi relatado que um número relativamente pequeno de marcas suspendeu a publicidade no X, sendo as principais Apple, Discovery, Disney, IBM, Lionsgate, Paramount, Sony e Warner Brothers. As estimativas internas de X sobre a receita perdida foram de US$ 11 milhões. Mas uma reportagem do New York Times (Via: 9to5Mac) diz que mais de 100 marcas já aderiram ao boicote e que X teme que o impacto total possa chegar a US$ 75 milhões.

Além das mais de 100 marcas que cessaram completamente os anúncios, dezenas de outras estariam considerando fazê-lo. A X disse ao NYT que os números do documento “estavam desatualizados ou representavam um exercício interno para avaliar o risco total” – esta última descrição não parece contradizer de forma alguma o relatório.

Um relatório separado da CNN (Via: 9to5Mac) diz que algumas marcas estão indo além de pausar os anúncios: elas estão encerrando todas as atividades no X. Algumas empresas mudaram para Threads da Meta. O X perdeu anúncios milionários em sua plataforma e, não sabemos se Musk conseguirá reverter isso.

Share This Article
Follow:
Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.