in

Microsoft não confirma Edge Chromium para Linux

Ao ser questionada sobre uma versão para o Linux, desenvolvedores se limitaram a responder que “talvez”.

microsoft-nao-confirma-edge-chromium-para-linux

Quando a Microsoft anunciou que estava mudando as bases de seu navegador Edge para uma base Chromium, uma das perguntas que logo surgiram é se haveria uma versão do aplicativo para Linux. Agora, finalmente, foi dada uma resposta: “talvez”. Portanto, o navegador Edge Chromium não está confirmado para Linux.

A primeira versão de desenvolvimento (apenas para Windows) do Edge com tecnologia Chromium foi disponibilizada para download nesta semana. Diz-se que uma versão para o macOS está chegando “muito em breve”.

Mas e o Linux?

Bem, Kyle Pflug, da Microsoft, respondeu à questão no Twitter. Ele disse que uma versão do Linux é algo que o time Edge “gostaria de fazer eventualmente”, mas que “não pode se comprometer com o Linux”.

Interessante que a resposta não foi um não. Porém, tudo permanece em aberto.

Quase todos os principais navegadores baseados no Chromium estão disponíveis no Windows, MacOS e Linux, incluindo o Google Chrome, Vivaldi e Opera.

Tecnicamente, não há razão para que Edge também não possa também ser disponibilizado.

Baseado em Chromium, sem Google

Microsoft Edge está criando expectativa já que não deve ser um mero clone do Chrome. Para este fim, eles planejam fazer grandes mudanças e adicionar novos recursos ao navegador, desde melhorias no visualizador de PDF, melhor uso de bateria e recursos, padrões avançados da Web, rolagem suave e suporte a ARM64.

A equipe de desenvolvimento do navegador não está simplesmente fazendo uma cópia do Chromium e construindo a partir daí. Eles também estão construindo, inovando. A Microsoft diz que eles mudaram para o Chromium para buscar seu objetivo (um tanto nobre) de melhorar a compatibilidade com a web, reduzir a fragmentação e melhorar a experiência do usuário.

Uma faixa de recursos específicos do Google foi removida ou substituída na estrutura subjacente do Chromium, conforme explicado neste slid, tirado de uma apresentação recente do Edge no evento de desenvolvedor do ‘BlinkOn 10’:

Desvantagens

A desvantagem é que algumas das partes “substituídas” podem acabar sendo específicas do Windows. Assim, fica complicado portar o Edge para o Linux.

Há também a grande questão de saber se os usuários de Linux usariam mesmo um navegador da Microsoft que fosse recheado de serviços específicos da Microsoft (como o Bing) ou integrações com serviços baseados na Web (como o Outlook).

Chromium Microsoft Edge Canary 75.0.124.0 agora disponível para download

A Microsoft lançou a primeira atualização para o navegador Microsoft Edge baseado no Chromium no canal de desenvolvimento Canary.

Agora, na versão 75.0.124.0, o Microsoft Edge Canary está configurado para receber atualizações diárias. No entanto, isso é particularmente importante porque é o primeiro de uma série mais longa que deve ajudar a refinar o navegador.

Como é uma compilação diária, a Microsoft não fornece um changelog, embora várias alterações importantes já possam ser notadas em relação à versão original do Canary.

Por exemplo, o modo Picture-in-Picture que o navegador Microsoft Edge agora oferece também um botão silencioso. Esta é uma atualização que o Google Chrome Canary também recebeu. Assim, mais cedo ou mais tarde, todo o navegador baseado no Chromium deve obter a mesma atualização.

Além disso, parece que a atualização Canary também inclui melhorias no tema escuro. O Microsoft Edge já vem com um modo escuro, mas está desabilitado por padrão. Depois de instalar a atualização, no entanto, a tela de sinalizadores também respeita o tema escuro quando o mesmo está habilitado.

Suporte exclusivo para o Windows 10

O Microsoft Edge, agora baseado no Chromium, está disponível como parte dos canais Developer e Canary. A compilação Dev é atualizada toda semana, conforme a programação da Microsoft, enquanto a versão Canary obtém melhorias todos os dias.

Ainda não há versão beta, mas a Microsoft diz que está trabalhando para disponibilizar isso o mais rápido possível. Além disso, as versões existentes do Microsoft Edge só são executadas no Windows 10, e a gigante do software explica que o suporte para outras plataformas, incluindo o macOS e o Windows mais antigo, será anunciado em breve.

Para verificar a versão do seu navegador Microsoft Edge, inicie o aplicativo e vá até Configurações> Sobre o Microsoft Edge. Atualizações adicionais devem ser feitas nos próximos dias, portanto, se você executar a compilação do Canary, certifique-se de instalá-las regularmente para testar as melhorias mais recentes.

Escrito por Claylson

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Como mudar no Linux o MAC Address da placa de rede!

THC Hydra

Introdução ao Hydra – Brute Force