Alan Griffiths é um dos principais desenvolvedores do Mir, sim, ele é da Comunidade Ubuntu e agora esta trabalhando para que o Mir funcione de forma adequada no Fedora, e parece que agora isso é possível. O trabalho em torno do Mir continua firme e forte, algumas correções já estão prontas para ser lançadas, e o suporte ao Fedora também deve entrar no pacote, tudo indica que a próxima versão do Mir 0.28.1 já deve vir recheada com a novidade e as correções que são muitas.

mir-fedora-ubuntu-linux

Bom, a Canonical quer sim levar o Mir para outras distribuições, e muitas novidades como essa devem surgir ao longo do tempo, o Mir não é um servidor de exibição, ele é um compositor do Wayland, mas não e único, existem outros compositores até mais maduros que o Mir que já são utilizados, e a Canonical espera que alguns ambientes passem a usar o seu compositor como padrão ou como uma opção a mais.

Muita gente esperava que o MATE viesse a adotar o Mir, mas não foi até agora realidade, o Mir é sem dúvida um dos desenvolvimentos mais silenciosos que existe dentro da Comunidade Ubuntu e Canonical, mas segue em frente, agora além do MATE, os forks do Unity 8 como o Yunit já havia declarado o seu interesse, mas ainda não implementou em seus pacotes.

Para mais informações sobre a novidade, você pode consultar um dos links abaixo, tanto do post do Alan, quanto do interesse do Yunit.

Post do Alan Yunit Mir

GNOME 3.28 anuncia suas primeiras novidades

Previous article

Como instalar Sublime Text 3 no Linux

Next article

You may also like

More in Notícias