in

MyPaint 2.0 adiciona novos recursos importantes

Esta é uma boa alternativa ao GIMP e Krita em relação a desenho.

MyPaint 2.0 adiciona novos recursos importantes

Se você está procurando um aplicativo de desenho e pintura livre de problemas e que funciona muito bem, o MyPaint 2.0 está disponível para download e é uma atualização enorme que adiciona novos recursos importantes. Foi mais de uma ano de desenvolvimento até a estreia deste final de semana. Ela substitui a série MyPaint 1.2 como a versão estável mais recente devido a alterações importantes nos parâmetros do pincel e em um novo modo de camada.

Os desenvolvedores explicam que o modo de camada apresentado nesta versão usa um novo método de composição, tornando os arquivos criados com o MyPaint 2.0 incompatíveis com as versões anteriores. Além disso, os dados criados no MyPaint 2.0 não funcionarão corretamente nas versões anteriores do software.

Conheça os novos recursos importantes no MyPaint 2.0

MyPaint 2.0 adiciona novos recursos importantes

Os novos recursos do MyPaint 2.0 incluem composição linear e mistura espectral (modo de pigmento), visualizações de camada, novas configurações de pincel, incluindo configurações de mapa de grade, offsets, pigmento, posterização e manchas extras, além de novas entradas de pincel, incluindo ângulo, rotação, base raio, direção 360, mapa de grade x/y e nível de zoom.

A ferramenta Floodfill também recebeu muita atenção, agora suportando detecção de deslocamento, difusão, opacidade, modo de mesclagem e origem. Agora, a ferramenta também pode ser cancelada e respeita os modos Colorir, Apagar e Bloquear alfa.

Além disso, esta versão faz com que os traçados de pincel dependam da rotação e zoom da vista, adiciona novos modos de simetria como rotacional, snowflake, vertical e vertical + horizontal e expande a funcionalidade de preenchimento com detecção de folga, deslocamento e outras parâmetros.

Esta versão também adiciona a capacidade de simplificar nós na ferramenta Inking, eleva os pontos máximos da curva de mapeamento de entrada para 64, implementa selecionadores H/C/Y separados e apresenta suporte para importação de camadas. Também permite que os usuários emulem entradas com teclas modificadoras.

Entre outras mudanças dignas de nota incluídas no MyPaint 2.0

  • Suporte completo ao Python3;
  • suporte inicial ao Flatpak;
  • novos atalhos de teclado;
  • novos comandos (remover o pano de fundo de camadas e refatorar o grupo de camadas);
  • configurações por documento;
  • além de muitas mudanças internas e inúmeras correções de bugs.

Você pode baixar o MyPaint 2.0 agora mesmo na página do GitHub, onde o aplicativo é distribuído como uma AppImage universal que deve funcionar na maioria das distribuições GNU/Linux e em um tarball de origem para os mantenedores de SO.

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Distribuições Linux e BSD atualizadas: Q4OS, Tiny Core Linux e NetBSD

Distribuições Linux e BSD atualizadas: Q4OS, Tiny Core Linux e NetBSD

KDE Plasma 5.18.2 LTS lançado com melhorias no Flatpak

KDE tem melhorias no Samba