in

O que é uma blockchain? Tudo o que você precisa saber!

Neste artigo, veja o que é uma blockchain e veja tudo que ela é capaz de fazer.

Unicef agora aceita doações em criptomoedas
O Unicef disse que usará criptomoedas para financiar a tecnologia de código aberto para beneficiar crianças e jovens em todo o mundo. Imagem: Reprodução / IoT Tech Trends.

Ultimamente, você deve ter notado que muitas pessoas mencionaram o termo “blockchain” nas conversas, principalmente em relação às transações de criptomoedas.

Mesmo se você possui bitcoins, pode não entender completamente como funciona a tecnologia básica por trás deles – a blockchain. A única coisa que importa é a liquidez, e é por isso que o conceito de transações seguras e anônimas está ganhando muitos seguidores.

No entanto, a verdade é que a criptomoeda é apenas um subconjunto da blockchain. Seu potencial real ainda não foi totalmente compreendido, mas já está causando mudanças sísmicas em todos os negócios. Além disso, governos e corporações já querem monopolizar e regular a blockchain.

Com tanto burburinho, é hora de decodificar o mistério da tecnologia em torno da blockchain. O guia a seguir ajudará você a aprender rapidamente o que ela é, de uma vez por todas.

O que é uma blockchain?

Uma blockchain em sua forma mais simples é um livro razão online para transações com registro de data e hora em uma rede ponto a ponto. Ele usa chaves criptográficas (chamadas hashcash), servidores descentralizados e “blocos” inalteráveis que contêm dados criptografados para garantir uma transação anônima bem-sucedida. Cada bloco é conectado aos seus vizinhos por uma cadeia e retransmite as informações a serem executadas para uma meta predefinida.

O que é uma blockchain? Tudo o que você precisa saber!
Imagem: Reprodução / IoT Tech Trends.

Além das transações monetárias, a blockchain também é usada em pontos de jogos de redes sociais, gerenciamento da cadeia de suprimentos em indústrias, processos eleitorais e atualizações de status da Internet das Coisas (IoT, sigla em inglês). O conceito de blockchain foi inventado pelo nerd japonês Satoshi Nakamoto em 2008 como um componente principal dos bitcoins. Eles continuam sendo o exemplo mais bem-sucedido de uma implementação de blockchain.

Satoshi inventou o conceito de blockchain para lidar com o problema de “gasto duplo” das trocas de dinheiro digitais. É um pouco análogo ao fato de seu cartão de crédito ser cobrado duas vezes e a empresa do cartão de crédito cancelar a transação redundante após algumas horas após a transação ser liquidada. Com o surgimento de bitcoins, a confiança é criada automaticamente em uma transação porque os dados nos blocos não podem ser alterados.

Como a blockchain funciona

Qualquer um pode criar uma blockchain e, de fato, seu site oficial mantém uma atualização minuto a minuto dos blocos conectados a uma cadeia principal. Por exemplo, a tela a seguir mostra os últimos blocos com registro de data e hora gerados pelo BTC.com. Cada bloco possui um “hash” exclusivo que não pode ser alterado.

O que é uma blockchain? Tudo o que você precisa saber!
Imagem: Reprodução / IoT Tech Trends.

Ao clicar em um dos blocos, você obtém informações como o número de transações que ocorreram (1588), volume, transação, tempo e taxas recebidos. Parece um pouco semelhante a uma transferência de fundos bancários eletrônica, exceto que não há informações relacionadas ao remetente e destinatário, pois essas informações estão ocultas na criptografia da chave de hash.

O que é uma blockchain? Tudo o que você precisa saber!
Imagem: Reprodução / IoT Tech Trends.

Se você realizar uma transação com este bloco (597392), supondo que confie no BTC, terá “minerado” seus ativos de blockchain. Quanto mais popular uma tecnologia blockchain, mais ela será minerada, como é o caso dos bitcoins.

O que é uma blockchain? Tudo o que você precisa saber!
Imagem: Reprodução / IoT Tech Trends.

Por que a blockchain é significativa

Como as blockchains liquidam transações em tempo real e permanecem absolutamente livres para uso, é um conceito genial que substitui o dinheiro, um símbolo de 5000 anos da civilização humana. Imagine um terminal de cartão de crédito em que o comerciante não cobra nenhuma taxa. (Está se tornando cada vez mais raro.) Agora, imagine que não há comerciante para se preocupar. Esta é a verdade sobre a blockchain: elimina o intermediário do processo. Por meio de uma rede ponto a ponto, você pode enviar dinheiro, informações, mercadorias e recibos para outras pessoas. Junto com tudo isso, todos os componentes da transação ficam registrados.

O que é uma blockchain? Tudo o que você precisa saber!
Imagem: Reprodução / IoT Tech Trends.

Suponha que você compre um e-book em um site que aceite bitcoin. Como ele se compara a uma transação da Amazon usando dinheiro real?

  • Você não precisará de intermediários como Visa, MasterCard ou American Express.
  • O dinheiro é transferido diretamente para o destinatário, mas não sem antes você poder baixar o e-book simultaneamente. Não há escopo para transações fraudulentas em blockchain. Consulte a seção anterior do Bloco nº 597392 no BTC, que possuía 1588 transações. Em uma rede blockchain, TODAS as transações devem ser liquidadas simultaneamente, o que inclui pagamento, recebimento ou bens de serviço e outras trocas intermediárias.

Conclusão

Por fim, existem muitas aplicações atuais e futuras da tecnologia blockchain. É um verdadeiro fator de mudança em qualquer atividade online que possa ser considerada uma “transação”. Devido à grande variedade de aplicativos que ela pode gerar, algumas pessoas consideram a blockchain não apenas como um novo universo transacional, mas também como uma “alternativa à própria Internet”.

Neste artigo, você viu o que é uma blockchain.

Se gostou, não deixe de compartilhar!

Fonte: IoT Tech Trends

Leia também: NASA contratará cientista de dados com habilidades em blockchain e criptomoeda

Escrito por Leonardo Santana

Astrônomo amador e eletrotécnico. Apaixonado por TI desde o século passado.

NVIDIA ainda trabalha em um alocador genérico

NVIDIA ainda trabalha em um alocador genérico

como-instalar-o-spotify-no-ubuntu-fedora-debian-centos-e-opensuse

Como instalar o Spotify no Ubuntu, Fedora, Debian, CentOS e openSUSE!