in

Outra cidade alemã quer substituir a Microsoft por software de código aberto

Munique, por exemplo, tornou-se pioneira nesse aspecto depois de mudar do software da Microsoft para o Linux e alternativas de código aberto.

Outra cidade alemã quer substituir a Microsoft por software de código aberto

Um dos motivos pelos quais algumas autoridades de todo o mundo estão analisando substituir o software da Microsoft por alternativas de código aberto inclui custos reduzidos de licenciamento e melhor controle local sobre o código. Assim, parece que outra cidade alemã está pensando em uma decisão semelhante.

Cidade alemã quer substituir a Microsoft por software de código aberto

Segundo informações, Hamburgo está tentando adotar software de código aberto em computadores locais, na tentativa de reduzir a dependência de produtos pagos.

Um relatório da publicação alemã Der Standard indica que o plano ainda está em seus primeiros dias e os detalhes são escassos, embora a transição para o código aberto pareça ser apenas uma questão de tempo neste momento.

Outra cidade alemã quer substituir a Microsoft por software de código aberto
Munique, por exemplo, tornou-se pioneira nesse aspecto depois de mudar do software da Microsoft para o Linux e alternativas de código aberto.

O que não está claro, no entanto, é se Hamburgo está planejando uma mudança completa para o código aberto ou apenas uma transição parcial que faria a cidade substituir um software como o pacote de produtividade Microsoft Office por alternativas como o LibreOffice.

Se o que Hamburgo está planejando é uma mudança completa para o código aberto, o Linux pode substituir o Windows como parte de uma mudança gradual. Por enquanto, não há detalhes sobre se a cidade deseja usar uma distribuição existente ou desenvolver sua própria.

Munique, por exemplo, criou seu próprio projeto LiMux para impulsionar a transição para o software de código aberto. Além disso, substituiu o Microsoft Office pelo LibreOffice.

O tempo dirá se Hamburgo de fato dá o aval a esse plano ambicioso. Por enquanto, isso é uma ótima notícia para o ecossistema Linux e de código aberto, que está crescendo em ritmo acelerado atualmente.

Fonte: Softpedia

Leia mais:

Alemanha pode dar adeus à Microsoft e migrar para código aberto

Escrito por Leonardo Santana

Profissional da área de manutenção e redes, astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.