in

Pale Moon 28.7 chega com novo design e maior desempenho

O navegador é inspirado no Firefox.

Pale Moon 28.7 chega com novo design e maior desempenho

O navegador Pale Moon 28.7 chega com novo design do mecanismo Javascript e maior desempenho. Esta é uma versão que vem com alguns novos recursos e componentes que foram usados para melhorar a funcionalidade do navegador.

Para quem ainda não conhece o Pale Moon, deve saber que esse é um derivado do código base do Firefox para oferecer maior desempenho, preservar a interface clássica, minimizar o consumo de memória e fornecer recursos adicionais de personalização.

O projeto Pale Moon adere à organização clássica da interface, sem uma transição para a interface Australis integrada no Firefox 29 e com o fornecimento de amplas opções de personalização. DRM, Social API, WebRTC, visualizador de PDF, Trash Reporter, código para coletar estatísticas, ferramentas para controle dos pais e pessoas com deficiência podem ser registradas a partir de componentes remotos.

Comparado ao Firefox, o navegador mantém o suporte à tecnologia XUL e a capacidade de usar temas completos e leves. O Pale Moon é baseado na plataforma UXP (Unified XUL Platform), na qual foi feita uma ramificação dos componentes do Firefox do repositório Mozilla Central, livre de links de código na linguagem Rust e sem incluir os desenvolvimentos do projeto Quantum.

Novidades de Pale Moon 28.7

Pale Moon 28.7 chega com novo design e maior desempenho

Com o lançamento desta nova versão do navegador, os desenvolvedores destacam que eles trabalharam no mecanismo JavaScript, que foi parcialmente redesenhado e no qual o suporte para os elementos padrão do ECMAScript 2018 foi transferido, incluindo suporte para a nova sintaxe para clonar e combinar objetos (em vez de “Object.assign ({}, data)”, você pode especificar “{… data}” e combinar o uso “{… defaultSettings, … userSettings}”).

As alterações introduzidas já estão implementadas nos principais navegadores, porém, podem causar a interrupção do comportamento de alguns scripts vinculados às características do mecanismo da web Pale Moon. Este é o caso, por exemplo, do comportamento do objeto de janela durante a manipulação do domínio foi modificado para compatível com outros navegadores.

Também em Pale Moon 28.7, o desempenho foi aprimorado para processamento de linha, carregamento de imagem e propriedades de análise de quadros (conjunto de quadros).

Por outro lado, destaca-se a adição ao suporte para contêineres multimídia Matroska e Webm, bem como o som AAC nesses formatos.

Das outras mudanças destacadas no anúncio desta nova versão, podemos encontrar o seguinte:

  • Adicionado suporte para diálogos de seleção de arquivos nativos no Linux
  • Ícones de marcador atualizados
  • SQLite DBMS atualizado para a versão 3.29.0
  • O código WebIDE foi removido e os remanescentes do código para entrega de patches de emergência (hotfix) foram removidos.

Como instalar o navegador Pale Moon 28.7 no Ubuntu e derivados?

Para aqueles que desejam instalar esse navegador na distribuição, eles precisam abrir apenas um terminal no sistema e digitar qualquer um dos seguintes comandos.

O navegador possui repositórios para cada versão do Ubuntu que ainda possui suporte atual. Portanto, para os usuários da versão mais recente do Ubuntu 19.04 Disco Dingo, poderão abrir um terminal (Ctrl + Alt + T) e nele digitarão o seguinte:

sudo sh -c “echo ‘deb
http://download.opensuse.org/repositories/home:/stevenpusser/xUbuntu_19.04/ /’ >
/etc/apt/sources.list.d/home:stevenpusser.list”
wget -nv https://download.opensuse.org/repositories/home:stevenpusser/xUbuntu_19.04/Release.key -O Release.key
sudo apt-key add -- < Release.key
sudo apt-get update
sudo apt-get install palemoon

Enquanto para os usuários que ainda estão na versão 18.10 do Ubuntu, os comandos que eles terão que executar são os seguintes:

sudo sh -c “echo ‘deb
http://download.opensuse.org/repositories/home:/stevenpusser/xUbuntu_18.10/
/’ > /etc/apt/sources.list.d/home:stevenpusser.list”
wget -nv https://download.opensuse.org/repositories/home:stevenpusser/xUbuntu_18.10/Release.key -O Release.key
sudo apt-key add -- < Release.key
sudo apt-get update
sudo apt-get install palemoon

Agora, para usuários que estão na versão Ubuntu 18.04 LTS, execute o seguinte:

sudo sh -c “echo ‘deb http://download.opensuse.org/repositories/home:/stevenpusser/xUbuntu_18.04/ /’ > /etc/apt/sources.list.d/home:stevenpusser.list”
wget -nv https://download.opensuse.org/repositories/home:stevenpusser/xUbuntu_18.04/Release.key -O Release.key
sudo apt-key add -- < Release.key
sudo apt-get update
sudo apt-get install palemoon

Finalmente, para quem é usuário do Ubuntu 16.04 LTS, eles executam os seguintes comandos no terminal:

sudo sh -c “echo ‘deb http://download.opensuse.org/repositories/home:/stevenpusser/xUbuntu_16.04/ /’ > /etc/apt/sources.list.d/home:stevenpusser.list”
wget -nv https://download.opensuse.org/repositories/home:stevenpusser/xUbuntu_16.04/Release.key -O Release.key
sudo apt-key add -- < Release.key
sudo apt-get update
sudo apt-get install palemoon

E pronto, você pode começar a usar este navegador.

Pale Moon também pode ser instalado diretamente dos repositórios padrão das seguintes distros:

  • Manjaro
  • PCLinuxOS
  • Puppy Linux
  • MEPIS / MX-15
  • Sobreposições do Gentoo
  • Slackbuilds
  • TinyCore Linux

Fonte: Ubunlog

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

google-abre-inscricoes-de-programa-imersivo-para-startups-fundadas-fora-do-estado-de-sao-paulo-1

Google abre inscrições de programa imersivo para startups fundadas fora do estado de São Paulo

aplicativo-camscanner-pego-injetando-malware-em-dispositivos-android

Aplicativo CamScanner pego injetando malware em dispositivos Android