in

Particionamento de disco, o que é e para que serve

Quais as vantagens e desvantagens de ter um disco particionado. Este artigo é direcionado aos usuários leigos ou com pouco conhecimento e para ser utilizado no HDD ou SSD do PC.

Particionamento de disco, o que é e para que serve

Se você costuma particionar os seus discos em vários momentos, porém nunca parou para pensar a finalidade disso, saiba que existem razões. Então, hoje nós vamos explicar o que é o particionamento de disco e também para que serve.

O que é particionamento de disco?

O particionamento de disco, nada mais é do que dividir o HDD ou SSD de um PC em algumas partes. Além disso, é importante destacar que estas partes são divisões lógicas e não físicas.

É muito usado para organizar o armazenamento de arquivos. Como por exemplo, uma partição para o sistema operacional, outra para guardar arquivos pessoais, mais uma para memória SWAP, uma outra para um novo sistema operacional. E, tantas outras possibilidades que um usuário experiente desejar.

Existem alguns tipos de particionamento de disco, os mais usados são os do tipo MBR (Master Boot Record) mais antigo, limitado; e o GPT (Guid Partition Table) mais novo e moderno.

As partições em um disco

Note na imagem abaixo, um exemplo de como fica um disco rígido particionado. As partições podem ser primárias ou estendidas. Começam de fora para dentro no disco e cada uma corresponde a uma unidade de disco.

Demonstrar as partições de um disco rígido
Imagem ilustrativa de um disco particionado com 4 partições.

Ainda na imagem, temos um exemplo de partição do tipo MBR. Este tipo pode ter até 4 partições primárias ou 3 partições primárias e 1 estendida. A partição estendida ainda pode ser particionada em outras partições. Contudo, agora são denominadas de partições lógicas.

Quais as vantagens de particionar o disco?

Então, uma vantagem é a organização dos arquivos e a separação por tipos, como sistema operacional, arquivos de dados, memória SWAP e etc. O tempo de buscar um arquivo no HD será menor, outra vantagem. A possibilidade de ter mais de um sistema operacional no mesmo disco é mais uma vantagem, o chamado “Dual Boot”.

Desvantagens de particionar

E, as desvantagens? Lentidão para transferir arquivos de uma partição para outra. O risco de ser mal feita a partição e ocasionar perda de dados. Causar danos no disco ou apresentar mau desempenho.

Se quiser ver outras formas de particionamento, leia a matéria GParted – Conheça um dos melhores editores de partição! Do mesmo modo, para conhecer mais sobre o GParted, acesse a página oficial. 

De todo jeito, o particionamento de disco é coisa normal no processo de instalação de qualquer distribuição GNU/Linux. Já que o sistema de arquivos, na grande maioria das distribuições, é definido com uma partição para cada tipo de arquivo.

No entanto, saiba que é muito importante, antes de fazer o particionamento, ler as instruções de como fazer. Portanto, todas as “Distros” têm seu tutorial e geralmente possuem fóruns de comunidade de usuários para esclarecer as dúvidas e dar suporte.

Porém, não se acanhe. Deixe seu comentário ou solicite nossa ajuda para particionar o seu disco. No SempreUPdate você não está sozinho! Participe da nossa comunidade no Telegram: @sitesempreupdate

Escrito por Eduardo Paz

Usuário intermediário de GNU/Linux desde 2006. Apaixonado por Tecnologia. Atualmente uso Linux MInt 19.1 - Mate. Gosto de experimentar distros. Ainda vou aprender a programar antes de partir desta para algum lugar!

Cinco leitores de feeds para Linux

Cinco leitores de feeds para Linux, saiba como instalar!

Canonical lança nova versão do kernel para corrigir 4 vulnerabilidades

Canonical lança nova versão do kernel para corrigir 4 vulnerabilidades