PlayStation Portal: Uma Nova Experiência para PS5

O Portal PlayStation pode estar em desenvolvimento desde 2015

Emanuel Negromonte
2 minutos de leitura

O PlayStation Portal é um novo acessório lançado pela Sony que promete oferecer uma experiência de jogo diferente para os proprietários de PS5. Se a televisão estiver ocupada, agora há uma nova possibilidade de acessar os jogos em outros locais.

O que é o PlayStation Portal

O PlayStation Portal funciona como um console portátil que permite o acesso aos jogos sem a necessidade de uma TV. É uma nova opção de Remote Play (uso remoto). No entanto, existem algumas condições. É necessário estar vinculado a um PS5 e será necessária uma conexão Wi-Fi para rodar os jogos.

Especificações do PlayStation Portal

O aparelho possui uma tela LCD de oito polegadas com uma resolução de 1080p e taxa de atualização máxima de 60Hz. Os controles são fixados à tela e há um conector de 3,5mm para fones de ouvido. Ele é compatível com o controle DualSense. O console não faz nenhum tipo de streaming na nuvem e não oferece conectividade com Bluetooth. Além disso, não é possível acessar outros serviços de entretenimento como Netflix e Youtube pelo aparelho. O console possui uma bateria não removível de 4.370mAh e o carregamento é via USB-C. O PlayStation Portal não é compatível com jogos do PS VR2.

Lançamento e Preço

O PlayStation Portal foi lançado no exterior em novembro. Ainda não há uma previsão de lançamento para o mercado brasileiro. O seu preço nos Estados Unidos é de US$ 199,99.

Foco da Sony

Para além das vendas, a empresa diz que acompanhará a experiência e o engajamento dos jogadores no novo acessório. Hideaki Nishino, vice-presidente sênior de experiência, disse que a Sony espera como o lançamento. Em vez de rentabilidade, queremos aumentar a quantidade de tempo que podemos jogar com o PS5. Se você puder jogar em qualquer lugar, acho que algumas pessoas definitivamente passarão mais tempo jogando.

Share This Article
Follow:
Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.