ReactOS 0.4.10 é liberado. Pardus e Neptune têm novas versões

Interessado em uma experiência tipo Windows? A resposta mais próxima é o ReactOS, que trabalha há alguns anos para ter total compatibilidade com o sistema da Microsoft. Então, agora, o ReactOS 0.4.10 é liberado para a mais nova experiência de “Open-Source Windows”. Da mesma forma, duas distribuições baseadas em Debian acabam de ser atualizadas: Pardus e Neptune. Confira neste post que o ReactOS 0.4.10 é liberado. Pardus e Neptune têm novas versões.

Como funciona o sistema

ReactOS 0.4.10 é liberado

ReactOS 0.4.10 é liberado

Em primeiro lugar, o ReactOS é totalmente aberto e busca compatibilidade binária com o software Windows. Igualmente, estão incluídos drivers para o Windows Server 2003 e versões mais recentes. Do mesmo modo, os lançamentos são trimestrais.

O ReactOS 0.4.10 está em desenvolvimento há mais de duas décadas sempre com foco de ser um sistema operacional de código aberto com compatibilidade com o Windows.


O ReactOS 0.4.10 traz:

  • Suporte para inicialização de sistemas de arquivos Btrfs usando em parte o código WinBtrfs;
  • Melhorias em seu shell;
  • aprimoramentos de aparência;
  • melhorias de estabilidade;
  • melhores relatórios de informações do BIOS;
  • atualizações de DLLs do Wine-Staging, entre outras alterações.

Então, ao todo, houve 660 commits no total para este lançamento trimestral.

Mais detalhes sobre o ReactOS 0.4.10 via ReactOS.org.

Pardus

ReactOS 0.4.10 é liberado. Pardus e Neptune têm novas versões

O projeto Pardus anunciou o lançamento do Pardus17.4, uma compilação atualizada da distribuição baseada em Debian para desktops e servidores. Da mesma forma que lançamentos anteriores da série 17.x, este também vem em duas variantes de desktop. Assim, o sistema vem com o Xfce ou o Deepin Desktop Environment (DDE).

Novidades da versão
  • Ele oferece várias melhorias, bem como atualizações de estabilidade e segurança para mais de 300 pacotes.
  • O software atualizado inclui o Firefox 60.3.0;
  • Thunderbird 60.2.1;
  • VLC 3.0.3;
  • e o LibreOffice 6.1.3;
  • O pacote do servidor OpenSSH agora está instalado por padrão.
Outras mudanças incluem:
  • melhor desempenho devido a otimizações de pacotes;
  • corrige vários bugs que alguns usuários encontraram em interfaces gráficas;
  • correções na instalação sem Internet que anteriormente resultaram em corrupção pós-instalação de listas de recursos;
  • mudou o fundo padrão da tela de inicialização.

Os usuários existentes do Pardus não precisam fazer o download desta versão. Então, todas as atualizações já foram aplicadas aos seus sistemas. Igualmente, veja o Anúncio de lançamento e notas de lançamento. Porém, a nova versão do Pardus suporta os idiomas turco e inglês.

Baixar Pardus

Neptune

O desenvolvedor Leszek Lesner anunciou o lançamento do Neptune 5.6, também baseado em Debian. Ele utiliza o desktop KDE Plasma 5.12. Portanto, uma vez instalada a ISO, basta esperar pelas atualizações.

Características

  • Melhorias no suporte ao hardware, fornecendo ao kernel Linux 4.18.6 com drivers aprimorados e correções de bugs;
  • Atualizados os drivers DDX para AMD/ATI e Intel, fornecendo o Mesa 18.1.9;
  • O X.Org Server foi atualizado para a versão 1.19.6, que corrige vários bugs e traz melhorias de velocidade;
  • Atualização do systemd para a versão 239 e os KDE Applications para a versão 18.08.2;
  • O Network-Manager foi atualizado para 1.14 para melhorar a estabilidade e velocidade da rede WiFi;
  • Plasma Desktop foi atualizado para 5.12.7 para fornecer correções de bugs;
  • Correções para o Krunner para permitir a configuração de atalhos da web e opções de verificação ortográfica para seus plugins
  • As conexões com o sftp via KIO são agora mais estáveis e confiáveis mesmo depois de se reconectar a um dispositivo.

Do mesmo modo, leia o restante do anúncio de lançamento para obter mais informações.

Baixar Neptune

 

Claylson
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

CPod, um aplicativo para podcast de código aberto

Previous article

Como instalar o Mpv media player no Ubuntu, Linux Mint e derivados

Next article

You may also like