Redox OS 0.8 lançado com suporte i686, áudio e funcionamento em vários monitores

Porém, a recomendação é usar o sistema apenas em máquinas virtuais.

Claylson Martins
3 minutos de leitura

Após mais de meio ano de trabalho de desenvolvimento, o Redox OS 0.8 foi finalmente lançado como a versão mais recente deste sistema operacional de código aberto escrito em Rust.

O Redox OS 0.8 é uma grande atualização que traz suporte x86 de 32 bits, áudio e suporte preliminar para vários monitores, melhor suporte de hardware em geral e vários outros aprimoramentos. 

Os principais destaques do Redox OS 0.8 incluem:

Redox OS 0.8 lançado com suporte i686, áudio e funcionamento em vários monitores
Redox OS 0.8 lançado com suporte i686, áudio e funcionamento em vários monitores.
  • Suporte para i686/x86 de 32 bits foi adicionado e espera-se que esteja “funcionando de maneira geral” em hardware real. Isso também incluiu trabalhar em drivers de áudio e IDE AC’97 comuns ao hardware da era i686.
  • Suporte aprimorado para Arm de 64 bits (AArch64) e está inicializando no QEMU, mas ainda não está funcionando no hardware AArch64 real.
  • Suporte a vários monitores, permitindo que o firmware forneça as informações adequadas do frame-buffer. Isso ainda é feito usando o driver VESA.
  • O suporte de áudio está funcionando “geralmente” e o driver Intel HD Audio agora está ativado por padrão.
  • O driver de armazenamento NVMe agora suporta melhor o hardware real.
  • As mesmas imagens do sistema operacional Redox agora podem funcionar nos sistemas BIOS e UEFI.
  • Refatoração do sistema de compilação para melhorar o suporte multi-arquitetura da mesma árvore de origem.

Redox OS 0.8 lançado com suporte i686, áudio e funcionamento em vários monitores

Mais detalhes sobre todas as novas e brilhantes alterações do Redox OS 0.8 por meio do log de alterações e do anúncio de lançamento encontrado em Redox-OS.org. Com v0.8, apenas ISOs x86_64 estão disponíveis com as imagens i686 e AArch64 que precisam de trabalho adicional.

Algumas experiências com o Redox OS 0.8 foram breves e faltam alguns recursos importantes. Mesmo sendo possível inicializar o USB com sucesso, ao chegar à área de trabalho percebe-se que o suporte ao trackpoint não funciona, nem a funcionalidade do mouse USB. Por enquanto, os desenvolvedores recomendam experimentar o Redox OS apenas em máquinas virtuais.

Share This Article
Follow:
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.