in

Reino Unido cobrará bilhões de gigantes da tecnologia por comportamento anticompetitivo

Após o término do período de transição do Brexit.

Reino Unido cobrará bilhões de gigantes da tecnologia por comportamento anticompetitivo

A autoridade de concorrência do Reino Unido pretende formar uma unidade que cobrará bilhões de gigantes da tecnologia por impedir a concorrência da indústria.

Um plano da Autoridade de Concorrência e Mercados (CMA) visa “nivelar o campo de jogo para empresas de tecnologia rivais menores”. Os gigantes da tecnologia poderiam ver até 10% de seu faturamento global multado por impedir o crescimento de empresas menores ou concorrentes. Isso equivaleria a cerca de US$ 7 bilhões para o Facebook ou US$ 16 bilhões para o Google.

Reino Unido cobrará bilhões de gigantes da tecnologia

Um anúncio recente deu mais detalhes sobre os três pilares do plano deste grupo:

  • a autoridade pode bloquear fusões que possam assumir o controle ou anular uma empresa concorrente até que esteja convencida de que os consumidores não serão afetados negativamente;
  • um novo conjunto de regras regerá como as grandes empresas devem tratar as empresas menores e os consumidores;
  • pode intervir e ajudar a competição; como permitir que um serviço ou dispositivo funcione no ecossistema de sistema operacional de um concorrente.
Reino Unido cobrará bilhões de gigantes da tecnologia por comportamento anticompetitivo
A autoridade de concorrência do Reino Unido pretende formar uma unidade que cobrará bilhões de gigantes da tecnologia por impedir a concorrência da indústria.

Nenhum gigante da tecnologia foi apontado pela CMA, mas a autoridade declarou que se concentrará em empresas com capacidade de afetar a indústria em geral.

A CMA afirmou que, embora multas pesadas sejam possíveis, o ideal é que eles se antecipem a comportamentos indesejáveis do mercado e interajam com grandes empresas de maneira mais informal.

Tudo isso presumindo que os parlamentares decidam aprovar legislação para fornecer seus poderes. A CMA assumirá o lugar da Comissão Europeia em 1º de janeiro, após o término do período de transição do Brexit.

Por fim, caso queira ficar atualizado com as novidades do mundo da tecnologia, acompanhe as matérias no canal do Sempre Update no Telegram.

Tech Spot