in

RetroArch chega ao Steam

Por enquanto, ele estará dispnível somente para Windows.

RetroArch chega ao Steam

Os fãs de jogos retrô (e não tão retrô) podem ficar contentes com esta notícia. É que o RetroArch está chegando ao Steam. O famoso front-end da popular Libretro API estará disponível para instalação no Steam para Windows a partir de 30 de julho. As versões para Linux e MacOS devem ser lançadas depois. Portanto, o RetroArch chega ao Steam.

Não está familiarizado com o RetroArch? É uma GUI amigável ao usuário que faz uso da API do libretro. Essa API permite que os desenvolvedores criem, entre outras coisas, núcleos ‘libretro’ modulares que atuam como emuladores de jogos para sistemas como o SNES, Mega Drive e Game Boy.

Os núcleos Libretro podem ser usados ??com qualquer interface compatível. RetroArch é apenas um – sem dúvida o melhor.

RetroArch no Steam

 

Sentimos que agora é a hora de finalmente trazer o front-end oficial do Libretro para o Steam, escrevem em seu anúncio. O RetroArch está realmente em uma classe própria em nível técnico quando se trata de latência, recursos de sombreamento e, agora, em breve, carregamento de disco e descarga de disco. Nós mal podemos esperar para trazer-lhe o controle completo sobre a sua biblioteca de jogos retro chegando neste verão no Steam!

Visite a página da RetroArch no Steam

O salto para o Steam deve ajudar a tornar o cliente mais acessível e mais visível para os jogadores. O momento também é importante, com a equipe colocando:

… foco pesado em garantir que o RetroArch possa rodar conteúdo originalmente comprado em discos de jogos. Preservação e emulação devem andar de mãos dadas. Portanto, isso significa poder rodar os discos originais em emuladores de código aberto, em QUALQUER dispositivo!

RetroArch chega ao Steam porém há outra forma de tê-lo

RetroArch chega ao Steam

Embora já seja possível jogar cartuchos de jogos originais através de núcleoslibretro usando ferramentas como o Retrode, estender o suporte para a reprodução de discos de jogos originais é outra progressão lógica.

Do mesmo modo, também estão … abertos a dialogar com desenvolvedores/editores de jogos que têm o direito ao IP original que querem trazer seus jogos para o Steam através do uso do RetroArch.

O ‘diálogo’ que eles fazem referência é possível. Assim, uma série de jogos clássicos vendidos no Steam atualmente usam núcleos de libretos em suas emulações. É uma progressão lógica para a RetroArch dar o salto para a plataforma em si.

Tornar o RetroArch disponível no Steam pode torná-lo mais destacado, mais acessível e mais popular.

Além disso, como este é um projeto de código aberto, há sempre a esperança. Isso porque a colocaboração tende a ampliar o alcance.

Você pode instalar RetroArch de outro modo mesmo com a versão para Steam

Você não precisa esperar que o RetroArch pressione o Steam para usá-lo. Basta seguir as instruções de instalação relevantes no site do projeto para instalá-lo e executá-lo no seu sistema.

Os usuários do Ubuntu podem fazer uso de um RetroArch Snap oficial ou adicionar o RetroArch PPA oficial (o PPA também inclui uma lista de “núcleos” populares para uso com o aplicativo).

Então, qual jogo retrô você mais gostaria de jogar de novo? Dê sua opinião em nosso grupo do Telegram.

Written by Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Q4OS, OpenMandriva, Feren OS, Clonezilla, Tails e AntiX apresentam novidades

Q4OS, OpenMandriva, Feren OS, Clonezilla, Tails e AntiX apresentam novidades

Profissionais de TI usam cada vez mais drogas ilícitas

Profissionais de TI usam cada vez mais drogas ilícitas