in

Saiba as sete verdades sobre o navegador web Tor!

Se você usa o navegador Tor, talvez queira saber mais um pouco sobre ele! Hoje saiba algumas verdades interessantes sobre os serviços do Tor!

1) O Tor continua funcionando. A NSA ainda não consegue rastrear completamente o anonimato proporcionado pelo Tor. Volta e meia, ficamos sabendo que alguns usuários foram rastreados, mas isso ocorre apenas com determinados usuários do Tor em situações específicas. Historicamente isso tem sido feito encontrando um exploit para o Tor Browser Bundle ou através da exploração de um usuário que tenha configurado incorretamente o Tor. O FBI, possivelmente em conjunto com a NSA, conseguiu encontrar uma séria vulnerabilidade no Firefox que levou à queda do Freedom Hosting e de seus usuários. O Firefox foi corrigido rapidamente, e desde então não houve outras grandes vulnerabilidades do Firefox afetando os usuários do Tor.

 

2) O Tor não é usado só pelos criminosos. Muitas outras pessoas usam. Ativistas para fugirem da censura, militares para comunicação segura, famílias para proteger crianças e preservar sua privacidade, jornalistas para enviarem ou receberem informações. E muito mais.

3) O Tor não tem Backdoor – É verdade que o desenvolvimento inicial do Tor foi financiado pela Marinha dos EUA. No entanto, ele foi auditado por vários criptógrafos e profissionais de segurança que confirmaram que não há nenhum backdoor. O Tor é de código aberto, portanto qualquer programador pode ver o código e verificar que não há nada de suspeito. Ele é mantido por uma equipe de ativistas que são extremamente dedicados à privacidade e ao anonimato.

4) Ninguém foi processado por rodar um relay do Tor – Não é ilegal rodar relay do Tor pelas leis americanas, mas isso não garante que nos EUA a pessoa não seja procurada pela polícia durante uma investigação, especialmente se estiver rodando um relay de saída.

5) O Tor é fácil de usar – Embora seja um software de privacidade ele é facil de usar. Basta baixar e instalar o Tor Browser Bundle mais atualizado e pronto. Uma das maneiras de usá-lo é com o sistema operacional Tails, que faz todo o acesso à internet pelo Tor. O boot ideal do Tails é com pen drive ou CD/DVD.

6) O Tor não é tão lento quanto você pensa – Ele é muito mais rápido hoje do que no passado. Uma das formas de acelerar – para todo mundo – é ajudar na formação da rede rodando um relay.

7) O Tor não é à prova de tudo – Se você usá-lo incorretamente pode perder a privacidade. Para começar, use sempre a versão mais atualizada. E é bom saber que um inimigo que tenha acesso a dois lados da comunicação pode analisar o tráfego e descobrir de onde ele vem.

Por: Electronic Frontier Foundation via cibersecurity.

Escrito por Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

conheca-6-projetos-de-arquitetura-sob-codigo-aberto-linux

Conheça 6 projetos de arquitetura sob código aberto! E disponível para Linux!

HardenedBSD

HardenedBSD: Um projeto BSD focado na segurança