in

Samsung lança o Galaxy XCover Pro, um smartphone robusto com uma bateria removível

Ele ostenta uma bateria removível de 4.050 mAh.

Lembra dos bons velhos tempos em que os telefones eram feitos para durar e tinham baterias que você podia tirar? A Samsung lembra. A empresa lançou silenciosamente um novo aparelho chamado Samsung Galaxy XCover Pro que se une à sua linha de dispositivos robustos e que ostenta uma bateria removível de 4.050 mAh.

Samsung lança o Galaxy XCover Pro

Com seus corpos frágeis cobertos de vidro, muitos dos smartphones de hoje quebram se você tossir na direção deles. No entanto, o novo XCover Pro não é tão fácil de destruir, graças à certificação MIL-STD-810 do padrão militar dos EUA e à classificação de resistência à água/poeira IP68.

Ao contrário de muitos smartphones robustos, o sucessor do Galaxy XCover 4 possui muitos dos recursos de design encontrados nos aparelhos modernos. Há uma tela LCD grande de 6,3 polegadas com uma proporção de 20:9 e um entalhe no canto superior esquerdo.

Samsung lança o Galaxy XCover Pro, um smartphone robusto com uma bateria removível
Imagem: Reprodução | Tech Spot.

As partes internas do XCover Pro incluem um chipset Exynos 9611 de núcleo octa de médio alcance, 4 GB de RAM e 64 GB de memória expansível por meio de um cartão microSD. Além disso, há uma configuração de câmera traseira que consiste em duas grandes lentes ultra angulares de 25 MP e 8 MP. Também, há uma câmera selfie de 13 MP e um leitor de impressão digital capacitivo no botão liga/desliga.

Como este telefone foi projetado para uso em ambientes hostis, ele vem com dois botões programáveis que controlam a lanterna ou para criar mensagens de texto por voz. Mas o aspecto mais atraente para muitas pessoas pode ser a bateria removível (algo que raramente vemos hoje em dia).

O Galaxy XCover Pro, que vem com o Android 9 Pie, mas pode receber uma atualização futura do Android 10. Além disso, ele será lançado na Europa no próximo mês por cerca de 500 euros (cerca de US$ 556). Nenhuma palavra sobre se ou quando chegará aos EUA e o resto do mundo.

Fonte: Tech Spot