Signal rebate rumores de que teria sido hackeado!

Jardeson Márcio
3 minutos de leitura

O aplicativo de mensagens Signal vem crescendo muito nos últimos meses, sendo a escolha de muitos usuários que não aderiram ao WhatsApp ou Telegram, por exemplo. No entanto, os últimos dias deixaram alguns usuários bem apreensivos, já que rumores apontavam para o hackeamento da plataforma. No entanto, o Signal rebateu esses rumores e nega que tenha sido hackeado.

Signal nega que foi hackeado

A plataforma de mensagens Signal usou sua conta do Twitter para anunciar que não foi comprometida. Os rumores sobre o serviço sendo hackeado são falsos. Além disso, a empresa também disse que o aplicativo teve um aumento no uso na Europa Oriental após o conflito em andamento entre a Rússia e a Ucrânia.

A mensagem deixada no Twitter dizia: “O Signal não foi hackeado. Acreditamos que esses rumores fazem parte de uma campanha coordenada de desinformação destinada a incentivar as pessoas a usar alternativas menos seguras”.

signal-rebate-rumores-de-que-teria-sido-hackeado

Rumores que apontam o hackeamento do Signal

Mensagens sobre o Signal sendo hackeado aparentemente estão circulando em outras plataformas de mídia social. “Estamos vendo esses rumores aparecerem em mensagens encaminhadas em vários aplicativos diferentes”, disse o Signal.

De acordo com a empresa, “esses rumores são frequentemente atribuídos a fontes oficiais do governo e dizem ‘ataques à plataforma Signal’. Isso é falso e o Signal não está sob ataque”. O Signal nega qualquer ataque ocorrido à empresa.

A declaração da Signal ocorre depois que vários ataques cibernéticos afetaram o setor bancário ucraniano e os sites do governo. A desinformação sobre a empresa também segue os comentários recentes do fundador Moxie Marlinspike sobre o rival Telegram no Twitter.

Condenando o aplicativo de mensagens, Marlinspike disse: “O Telegram é o mensageiro mais popular na Ucrânia urbana. Após uma década de marketing e imprensa enganosos, a maioria das pessoas acredita que é um aplicativo criptografado. A realidade é oposta – o TG é, por padrão, um banco de dados em nuvem com uma cópia em texto simples de todas as mensagens que todos já enviaram/receberam.”

O AndroidAuthority aponta que há alguma verdade nas palavras de Marlinspike. Os chats do Telegram não são criptografados, exceto os “chats secretos” dentro do serviço. Por outro lado, o Signal oferece criptografia de ponta a ponta para todas as mensagens, assim como o WhatsApp.

O Signal nega hack de sua plataforma e, levando em consideração que todas as mensagens são criptografadas de ponta a ponta, talvez, os usuários não tenham que se preocupar tanto quanto se preocuaram.

Via: AndroidAuthority

Share This Article
Follow:
Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.