in

Surge instalador do novo Microsoft Edge baseado no Chromium

No entanto, não se anime. O link para download só serve para funcionários da Microsoft.

Microsoft dá sinal verde para testes do navegador Edge

O trabalho no novo navegador Microsoft Edge avança rapidamente. Depois de encontrar o novo repositório de extensões que a Microsoft manterá por conta própria, separadamente da Chrome Web Store, surge uma nova descoberta relacionada ao novo aplicativo. O link de download apontando para o instalador da nova versão do Microsoft Edge está agora em execução. No entanto, antes de qualquer coisa, não crie grandes expectativas. O instalador do novo Microsoft Edge baseado no Chromium funciona apenas para funcionários da Microsoft. Portanto, mesmo que você consiga obter o instalador, não será possível ativá-lo e fazer o download do novo navegador.

Então, para que isso?

Em vez disso, esse instalador mostra que estamos chegando mais perto do momento em que a Microsoft deve lançar uma prévia do navegador Edge baseado no Chromium. Porém, a expectativa é de que a empresa o retenha até a conferência de desenvolvimento do Build em maio.

A migração do EdgeHTML para o Chromium

Confira as imagens inéditas do novo Edge baseado no Chromium

A Microsoft anunciou no final de 2018 que desistiria do EdgeHTML para Microsoft Edge, o navegador nativo do Windows 10. Assim, migraria para o Chromium, o mesmo mecanismo que impulsiona o mais popular Google Chrome.

A empresa prometeu manter a aparência do Microsoft Edge na nova versão, embora estivesse claro que alguns recursos desapareceriam.

Uma versão preliminar do novo navegador Microsoft Edge foi programada para ser lançada no início de 2019, de acordo com o anúncio original da Microsoft. Importante destacar que embora nenhuma outra especificação tenha sido fornecida, evidências descobertas nas últimas semanas indicam que uma versão está próxima.

A versão preliminar do Microsoft Edge só funcionará no Windows 10. No entanto, o plano da Microsoft é que depois de migrar para o Chromium, o navegador também possa ser lançado em outras plataformas. Estão previstas versões para o Windows 7, e também sistemas operacionais como macOS e Linux.

Windows Defender para Chrome e Firefox

Sessão do Microsoft Edge no WDAG

A Microsoft também lançou recentemente uma nova extensão de navegador, cujo objetivo principal é proteger os usuários ao visitar sites que possam representar uma ameaça devido ao conteúdo que eles hospedam. Esta função deve estar presente no novo Edge até maio.

A extensão do Windows Defender Application Guard oferece suporte ao Google Chrome e ao Mozilla Firefox, e é tecnicamente uma sessão de navegação isolada que impede que as páginas acessem seus dados e, se comprometidas, não causam danos. Porém, por enquanto, só funciona no Windows. Não foi informado se haverá versão compatível para outros sistemas operacionais como o Linux. 

Apesar de ser voltada para o Google Chrome e Firefox, a extensão ativa uma sessão isolada do Microsoft Edge, então você ainda usará o navegador nativo do Windows 10 quando necessário.

Basicamente, a extensão verifica a URL da página que você carrega no Firefox e no Chrome em uma lista de sites confiáveis ??definidos por administradores de TI. Se o site não estiver na lista, a extensão carregará a URL em uma instância isolada do Edge.

Via

Written by Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Android Q recebe novos recursos de privacidade

Android Q recebe novos recursos de privacidade

SteamVR Beta com melhorias para Linux

Valve anuncia nova rede de APIs para desenvolvedores e o SteamLink Anywhere