in

Trump quer banir a criptografia de ponta a ponta

Autoridades se reúnem para discutir ofensiva contra criptografia

Trump quer banir a criptografia de ponta a ponta

Depois de todo o estresse com a China, especialmente a fabricante Huawei, o presidente dos Estados Unidos Donald Trump se envolve em mais uma polêmica. Assim, desta vez, Trump quer banir a criptografia de ponta a ponta. De acordo com reportagem do site Politico, altos funcionários da Casa Branca se reuniram nesta semana para discutir o primeiro passo que a administração poderia dar nesse sentido.

Por que Trump quer banir a criptografia de ponta a ponta?

Trump quer banir a criptografia de ponta a ponta

A reportagem cita três pessoas familiarizadas com o assunto. Pelo menos dois funcionários de várias agências-chave discutiram uma potencial ofensiva contra a criptografia de ponta a ponta.

Os dois caminhos eram para colocar uma declaração ou uma posição geral sobre criptografia, e [dizer] que eles continuariam a trabalhar em uma solução, ou pedir ao Congresso uma legislação, disse uma fonte à publicação citada.

Embora o governo da Casa Branca queira eliminar a criptografia de ponta a ponta em software desenvolvido por empresas americanas, essa proposta foi recebida com reações diversas de representantes de várias agências do país.

Por exemplo, o DHS “está dividido internamente”, observa Politico, já que a agência está ciente das implicações de segurança que a proibição da criptografia de ponta a ponta pode gerar.

A disputa de criptografia

A adoção de regulamentos contra criptografia de ponta a ponta é descrita como um passo decisivo nos esforços das agências de inteligência e da aplicação da lei nos Estados Unidos para acessar dispositivos e dados pertencentes a criminosos e terroristas. Porém, há outro temor. A suspeita é de que esta seja apenas uma desculpa para aumentar a vigilância do Estado sobre cidadãos comuns.

A criptografia já é adotada pela grande maioria das empresas norte-americanas já. Apple e Google, por exemplo, já possuem vários produtos com a tecnologia.  Assim, impedem que os investigadores acessem os dados dos suspeitos. As empresas de tecnologia posicionam a criptografia de ponta a ponta como um recurso importante de privacidade. Portanto, várias delas já avisaram que qualquer regulamentação contra ela poderia afetar a segurança nacional.

A Apple, em particular, é uma das maiores empresas que lutam contra a regulamentação anti-encriptação. A empresa já se recusou a desbloquear um iPhone usado pelo terrorista de San Bernardino. Na época, explicou que invadir o dispositivo teria comprometido a segurança de todos os clientes. O FBI finalmente desbloqueou o dispositivo usando um software desenvolvido por terceiros.

Fonte

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Chave de segurança da Purism será gerada diretamente no dispositivo

Chave de segurança da Purism será gerada diretamente no dispositivo

Debian 10 "Buster" está agora disponível

Imagens de lançamento do Debian 10.0 “Buster” estão em teste