in

Ubuntu Lumina pede ajuda para últimos testes

Distribuição deve lançar versão estável em breve.

istemas operacionais de servidor criados com FreeBSD e Debian. Usando software personalizado, eles serão utilizáveis ??(e em breve intercambiáveis). Vem com qualquer área de trabalho suportada pela Arisblu, assim como sem ela. Usará Fish como o shell padrão.
Ubuntu Lumina Logo

A mais nova distribuição derivada do Ubuntu deve fazer sua estreia em breve. Estamos falando do Ubuntu Lumina, que ainda não é um sabor oficial e que está lançando constantemente versões de teste. Segundo seu desenvolvedor, identificado apenas como Kai, por enquanto, ela não terá a adição de novos recursos até a estreia definitiva da versão estável. Porém, ele está pedindo ajuda para as correções de erros daqui em diante. “Isso não significa que não precisamos de ajuda” esclarece ele.

O Ubuntu Lumina possui dois testadores, um espelho para arquivos ISO completos e outro espelho para torrents ISO, sem esquecer uma pessoa que ocasionalmente ajuda no gerenciamento de mídias sociais. Apenas uma pessoa desenvolve o projeto em período integral, eu. Sou eu quem trabalha sozinho em todas as versões da ISO, quem envia notificações para os espelhos, divulga a marca, faz as postagens do blog, por trás da embalagem e o que está se preparando para fazer pesquisa e desenvolvimento para o Raspberry Pi, Pine64 e até o Rockpro64 (depois que um novo testador enviou um e-mail esta semana).

Então, como se pode notar, há muito trabalho pela frente, incluindo o desenvolvimento de uma versão desta distribuição para dar o suporte direto ao ARM. Isso possibilitará O Ubuntu Lumina rodar em computadores single board Raspberry Pi de maneira adequada. Segundo o desenvolvedor, “o Ubuntu Lumina vê um mercado maior para nossa distribuição no mundo ARM com o Pine64 e o Raspberry Pi.”

Ubuntu Lumina pede ajuda para últimos testes

Kai esclarece que não está pedindo que tudo seja feito por ele. Portanto, o objetivo é ter alguém que consiga detectar os erros melhor. Recentemente, uma imagem foi enviada e erros foram corrigidos. Porém, eles têm ocorrido sem que o trabalho seja adequadamente acompanhado. Quando ele já se preparava para corrigir um problema, eis que surgiu outro que foi apontado por usuários do grupo grupo BigDaddyLinux no Telegram.

Ubuntu Lumina pede ajuda para últimos testes

Esse erro vai exigir muito mais trabalho e, embora eu possa fazê-lo sozinho,  não quero isso. Preciso de pessoas para ajudar a criar aplicativos, testar imagens e ISOs, ajudar a empacotar software e manter as coisas pelo menos um pouco atualizadas, além de garantir que todos os erros sejam bem documentados, tanto em particular quanto em público.

Ele também pede ajuda para manter o blog atualizado. Kai ainda alerta para a chegada em breve do Ubuntu 20.10 e das demais versões para 2021, a 21.04 e 21.10. Com isso, a margem de conforto (em relação ao tempo) está se esgotando e toda ajuda é considerada essencial para tornar o projeto melhor construído e melhor mantido.

Se você estiver interessado em participar, existem várias maneiras de fazê-lo. Mensagem direta Ubuntu Lumina no Twitter @UbuntuLumina, mensagem direta comigo @KaiLikesLinux, envie um e-mail para o projeto Ubuntu Lumina e-mail [email protected] ou envie um e-mail diretamente para [email protected].