in

Ubuntu remove o Amazon Web App

Afinal para que mesmo serve o app?

Ubuntu finalmente remove o Amazon Web App

Depois de nunca ter sido muito usado ou bem explicada a existência, o Ubuntu finalmente remove o Amazon Web App do seu sistema. Ele aparecia sempre logo após a instalação de qualquer versão do Ubuntu, no menu principal de ferramentas. Esta com certeza é uma grande novidade pois o app fazia parte da área de trabalho há pelo menos 8 anos. Será que muita gente vai notar o desaparecimento ou a maioria dos usuários não está nem aí para ele?

Caso você nunca tenha usado o Ubuntu original, ele possui um ícone da Amazon que é fixado no iniciador da área de trabalho em todas as novas instalações por padrão.Introduzido pela primeira vez no Ubuntu 12.10, o iniciador de web da Amazon oferece aos usuários do Ubuntu um atalho fácil e pronto para uso no site da Amazon. Porém, como se sabe agora, isso não estará mais presente por muito mais tempo. 

Remoção do Amazon Web App

Amazon como um aplicativo Web no Ubuntu
Existe desde 2012

O Ubuntu 20.04 ‘Focal Fossa’ não incluirá o iniciador de web da Amazon.

A mudança foi revelada em uma atualização recente do ubuntu-metapacote nas compilações de desenvolvimento ‘focal’. Ele elimina explicitamente a dependência ubuntu-web-launchers por completo.

E como o aplicativo da web da Amazon é o último “atalho” fornecido por este pacote, ele realmente significa “adeus, Amazon!” .

Para muitos, o iniciador de web da Amazon era sinônimo de Shopping Lens, a decisão mal recebida da Canonical de mostrar os resultados dos produtos Amazon no iniciador de aplicativos sempre que um usuário pesquisava um aplicativo ou arquivo.

No entanto, apesar da suposição de que estavam conectados, não estavam; desinstalar o iniciador não afetou o conjunto ou vice-versa.

E por que finalmente o Ubuntu remove o Amazon Web App do menu?

Ubuntu finalmente remove o Amazon Web App

Ao longo de oito anos, o “iniciador” passou por várias mudanças, incluindo um breve período como um aplicativo Web bem integrado, executado em uma janela dedicada com a lista rápida do iniciador, suporte a notificações etc.

Hoje em dia, literalmente, é apenas um atalho que abre uma versão específica do código do site Amazon em uma nova guia do navegador (com o código de afiliado da Canonical anexado automaticamente para que eles possam obter pequenos percentuais das vendas realizadas, oferecendo aos usuários uma maneira de dar suporte ao Ubuntu).

Será que vai fazer falta?

O iniciador de web da Amazon não era desejado e não foi utilizado pela maioria. Entretanto, mesmo sendo difícil acreditar que muitos usuários do Ubuntu sentirão falta de sua inclusão, caso isso ocorra basta apelar para um navegador comum.

Fonte: OMG Ubuntu

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Laptop Manjaro Linux com chips Intel de 10ª geração será lançado como "Dell XPS 13 Killer"

Laptop Manjaro Linux com chips Intel de 10ª geração será lançado como “Dell XPS 13 Killer”

Canonical anuncia Anbox Cloud

Canonical anuncia Anbox Cloud