in

Usando código aberto para explorar o espaço

Projetos de código aberto estão ajudando a satisfazer nossa curiosidade sobre o que está muito além da atmosfera da Terra.

4 ferramentas Python para quem quer iniciar na astronomia
Crédito: Greg Rakozy via Unsplash.

Neste artigo, conheça algumas iniciativas de código aberto para explorar o espaço.

A exploração espacial sempre foi importante

Carl Sagan disse uma vez:

O universo é um lugar bastante grande. Se somos apenas nós, parece um terrível desperdício de espaço.

Assim, esse vasto deserto de aparente nada, oculta algumas das criações mais misteriosas e bonitas que a humanidade já testemunhou – ou jamais testemunhará.

Nossos ancestrais olhavam para o céu noturno e sonhavam com o espaço, exatamente como fazemos hoje. Dessa maneira, começando com simples observações a olho nu do céu e progredindo para criar telescópios espaciais que descobrem lugares distantes do universo, percorremos um longo caminho para entender e redefinir os conceitos de tempo, espaço e matéria. Nossa exploração forneceu algumas respostas para as perguntas duradouras da humanidade sobre a existência de vida extraterrestre, sobre a natureza finita ou infinita e a origem do universo, e muito mais. Além disso, ainda temos muito a descobrir.

Curiosidade, um componente crucial para a exploração espacial

O Cambridge Dictionary define curiosidade como “um desejo ansioso de saber ou aprender sobre alguma coisa”. Logo, é a curiosidade que alimenta nosso desejo de adquirir conhecimento sobre o espaço sideral.

Se queremos que a descoberta espacial avance em um ritmo mais rápido, precisamos que mais pessoas tomem consciência das recompensas que as esperam quando se esforçam e descobrem respostas para suas perguntas sobre o universo. Porém, a descoberta do espaço não é reconhecidamente uma tarefa fácil, porque encontrar respostas corretas requer seguir métodos rigorosos em escala de longo prazo.

Felizmente, estão surgindo iniciativas de código aberto que tornam mais fácil para as pessoas começarem a explorar e apreciar a beleza do espaço sideral.

Duas iniciativas de código aberto para o espaço

Projeto OpenSpace

Uma das ferramentas mais bonitas para explorar o espaço é o OpenSpace, uma ferramenta de visualização de código aberto de todo o universo conhecido. Portanto, é uma maneira de visualizar o ambiente de outros planetas, como Marte e Júpiter, galáxias e muito mais.

Usando código aberto para explorar o espaço
Terra vista da Lua usando o OpenSpace. Imagem: Reprodução / Opensource.com

Para desfrutar de uma experiência tranquila com a simulação do OpenSpace (por exemplo, um mínimo de 30 fps), você precisa de uma GPU poderosa. Além disso, verifique o repositório do GitHub para obter mais informações.

Fundação Espaço Libre

A missão da Libre Space Foundation é “promover, avançar e desenvolver tecnologias e conhecimento (de código aberto e gratuito) para o espaço”. Entre outras coisas, o projeto está trabalhando para criar uma rede de código aberto de estações terrestres que possam se comunicar com satélites, naves espaciais e estações espaciais. Além disso, ele apoia o projeto UPSat, que aspira ser o primeiro satélite completamente de código aberto a ser lançado.

Avançando a espécie humana

Ao aumentar nosso interesse pelo espaço, estamos criando oportunidades para atualizar o nível tecnológico de nossa civilização e possivelmente tornando nossa espécie multi-planetária. Assim, talvez um dia, construiremos uma esfera de Dyson ao redor do sol para capturar emissões de energia, aproveitando assim um recurso energético que excede qualquer outro encontrado na Terra e abrindo um novo mundo de possibilidades.

Use código aberto para explorar o espaço!

Nosso sistema solar é apenas um pequeno ponto nadando em um universo de mistérios, e o ambiente do espaço sideral nunca parou de nos surpreender e nos intrigar. Então, embarque nessa jornada!

Neste artigo, você viu como podemos usar código aberto para explorar o espaço.

Se gostou, não deixe de compartilhar!

Fonte: Opensource.com

Leia também:

Como a SpaceX usa o Linux para controlar seus foguetes e espaçonaves

SpaceX pretende lançar mais 30.000 satélites para sua rede de internet global

Escrito por Leonardo Santana

Astrônomo amador e eletrotécnico. Apaixonado por TI desde o século passado.

Google está com sérios problemas, alerta principal advogado antitruste

Google está com sérios problemas, alerta principal advogado antitruste

Alexa e Google Home podem espionar e roubar senhas

Alexa e Google Home podem espionar e roubar senhas