in

Usuários falam em abandonar o Ubuntu por colocar anúncios no MOTD

A Canonical recebe vários ataques desde que implementou a medida.

Usuários falam em abandonar o Ubuntu por colocar anúncios no MOTD
OMG Ubuntu

Sempre surge a polêmica entre os usuários sobre qual seria a melhor distribuição Linux do mercado. A verdade é que sempre haverá alguma delas disponível para todos os gostos. Quem gosta do Fedora, por exemplo, pode não gostar do Arch e vice-versa. Porém, a distro mais usada, inegavelmente, é o Ubuntu e vários de seus sabores estão aí para comprovar. Sendo assim, o Ubuntu é frequentemente considerado uma das melhores distribuições Linux para usuários do Windows que planejam fazer a troca, porque oferece uma experiência direta e imediata. No entanto, muitos usuários já falam em abandonar o Ubuntu devido a uma decisão da Canonical de colocar anúncios no chamado MOTD.

É que, como se vê, os usuários que estão migrando do Windows para o Ubuntu podem ter uma grande surpresa ao lidarem com algo que podem até já ter alguma familiaridade: anúncios no sistema operacional. É justamente este um dos tópicos do reddit que está dando o que falar devido a uma decisão um tanto controversa, segundo eles, da Canonical.

O tópico em questão recebeu mais de mil votos condenando a Canonical por colocar o que é descrito como “anúncios” no motd. Uma captura de tela confirma que o Ubuntu realmente tenta direcionar os usuários para um link, que é exibido ao lado da seguinte mensagem: “Se você estava esperando a solução perfeita para desenvolvedores Kubernetes para macOS, a espera acabou. Aprenda a instalar o Microk8s no macOS. [link].”

Antes de qualquer estranhamento em relação à atitude da Canonical, é preciso esclarecer que isso não é algo exatamente inédito. Portanto, isso não é algo totalmente novo no mundo open source ou fora dele.

Usuários falam em abandonar o Ubuntu por colocar anúncios no MOTD

Usuários falam em abandonar o Ubuntu por colocar anúncios no MOTD

O Ubuntu já faz isso há algum tempo, e este post na plataforma de rastreamento de bugs do Ubuntu mostra que a primeira vez que os usuários encontraram um link no motd foi em junho de 2017 no Ubuntu 17.04.

“Atualmente, https://motd.ubuntu.com mostra uma notícia sobre o Vale do Silício da HBO, que tem uma referência ao Ubuntu. Em vez disso, https://motd.ubuntu.com deve mostrar itens relevantes para aqueles que usam o Ubuntu Server (problemas relevantes de segurança etc.), em vez de itens para usuários de desktop”, dizia o relatório.

Por outro lado, os usuários podem lidar com tudo por conta própria, como o usuário do reddit mralanorth explica em um post. Tudo o que eles precisam fazer é desativar as unidades motd-news.service e motd-news.timer systemd e excluir esses arquivos, dependendo da versão do Ubuntu que você está executando:

/etc/update-motd.d/99-esm # Ubuntu 14.04
/etc/update-motd.d/10-help-text # Ubuntu 14.04+
/etc/update-motd.d/50-motd-news # Ubuntu 16.04+
/etc/update-motd.d/80-esm # Ubuntu 16.04+
/etc/update-motd.d/80-livepatch # Ubuntu 18.04+

A Canonical permaneceu de boca fechada sobre os links incluídos no motd. Então,  não se sabe se vem por aí uma atualização a esse respeito.

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.