Categorias

o-android-13-tem-codinome-interno-vazado-a-aposta-agora-e-a-sobremesa-tiramisu

Android

Games

Notícias

Tutoriais Linux

Vídeos

Notícias

01/09/2021 às 09:57

5 min leitura

Avatar Autor
Por Jardeson Márcio

Xiaomi entra oficialmente no ramo de veículos elétricos

A empresa recebeu o nome de Xiaomi EV, Inc. com capital social é de US $ 1,55 bilhão

xiaomi-entra-oficialmente-no-ramo-de-veiculos-eletricos

A Xiaomi tem se destacado bastante quando o assunto é inovação em tecnologia. Sendo mais conhecida por seus populares smartphones. No entanto, a empresa pretende aumentar o seu portfólio de produtos e está entrando no negócio de veículos elétricos. Agora, inclusive, a Xiaomi acaba de registrar oficialmente uma empresa que produzirá veículos elétricos.

Segundo os fundadores, a divisão já entrou numa “fase significativa de desenvolvimento”. Ou seja, podemos ver o primeiro veículo da empresa pronto antes mesmo do que imaginamos.

A empresa recebeu o nome de Xiaomi EV, Inc., o capital social é de US $ 1,55 bilhão (quase R$ 8 bilhões). Em março, a controladora anunciou a intenção de investir US $ 10 bilhões (mais de R$ 51,5 bi) na produção de veículos elétricos nos próximos dez anos. Então, a empresa começou bem!

Segundo representantes da Xiaomi, a filial já emprega 300 funcionários e a nova divisão é chefiada pelo fundador direto e chefe da Xiaomi, Lei Jun. Como, apesar de estar em fase adiantada de desenvolvimento, a nova divisão ainda assim está no início, a empresa talvez cresça bastante o seu negócio de veículos elétricos nos próximos anos.

Veículos elétricos: Nova empresa da Xiaomi opera em desenvolvimento acelerado

xiaomi-entra-oficialmente-no-ramo-de-veiculos-eletricos
Imagem: Reprodução | GizChina

Segundo Xiaomi, nos últimos cinco meses, a nova divisão já realizou uma ampla pesquisa sobre o público-usuário e fez contatos com parceiros do setor. Apesar de o novo negócio ainda não está pronto para apresentar nenhum veículo elétrico ou seu protótipo, talvez isso não demore muito para acontecer, já que os esforços estão acontecendo em ritmo acelerado.

O GizChina lembra que, no início deste mês, a Xiaomi anunciou uma compra de $ 77,37 milhões (quase R$ 400 milhões) da Deepmotion, uma empresa de direção autônoma “para aumentar a competitividade tecnológica” do negócio de veículos elétricos.

A empresa está investindo no seu novo negócio e, provavelmente, entregará bons resultados em um futuro próximo. Não sabemos exatamente quando, mas a Xiaomi está dando indícios de que está levando a sério o desenvolvimento de veículos elétricos.

No entanto, a empresa, além dos smartphones conhecidos por todos os tipos de dispositivos IoT, terá que trabalhar muito para conquistar um nicho no mercado chinês de veículos elétricos. Já existem gigantes locais como Nio e Xpeng, bem como empresas de renome mundial como Tesla e BYD da China, que tem o apoio do magnata financeiro Warren Buffett, aponta o GizChina.

Mesmo com toda a concorrência que a Xiaomi irá enfrentar, certamente, a empresa deve ter um trunfo que a torne competitiva no mercado de veículos elétricos.

Via: GizChina

Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.