in

ZFS no Linux continua evoluindo para Ubuntu 19.10

Canonical confirma planos de ZFS para o Ubuntu 19.10

Olhando para o Ubuntu 19.10 como o ciclo antes do Ubuntu 20.04 LTS, uma das áreas que nos empolgam com o trabalho da Canonical é (além do excelente trabalho de performance do GNOME), o que eles estão desenvolvendo no ZFS no Linux. Trata-se de uma integração com o mesmo objetivo de oferecer o ZFS como uma opção de sistema de arquivos a partir do instalador de desktop. Um grande papel em seu jogo ZoL também é o novo componente “Zsys” que eles estão desenvolvendo. Portanto, o ZFS no Linux continua evoluindo para Ubuntu 19.10.

O Zsys é o daemon/cliente do DB2/Canonical para o ZFS em sistemas Ubuntu no futuro. Presumivelmente, eles pretendem que ele esteja pronto para ser produzido com o Ubuntu 19.10 para examiná-lo antes do importantíssimo ciclo Ubuntu 20.04 LTS.

ZFS no Linux continua evoluindo para Ubuntu 19.10 porém há outras novidades

ZFS no Linux continua evoluindo para Ubuntu 19.10

A Canonical também está trabalhando na integração do carregador de inicialização GRUB. Assim, espera:

  • gerenciar inicializações diferentes;
  • automatizar o gerenciamento de snapshots;
  • melhorar o gerenciamento do sistema de arquivos ZFS com Zsys;
  • a integração de criptografia de disco;
  • a integração do gerenciador de arquivos Nautilus e vários outros recursos.

Trabalho também para o Fedora

O mantenedor do ZFS On Linux para o Fedora também expressou interesse em empacotar o Zsys. Isso apesar de o projeto Fedora não contar com integração legal do ZoL devido a suas estritas políticas legais. Pelo menos até se/quando a Oracle liberar o código fonte do ZFS e isso é altamente improvável neste estágio.

No entanto, também provavelmente veremos esse trabalho da Zsys no Arch e outras distribuições que não se importam com o suporte ZoL fora da árvore.

Quanto ao mais recente trabalho do Ubuntu Zsys, a última atualização inclui:

  • Implementada a camada “máquina”, que permite detectar e agrupar conjuntos de dados ZFS por máquina. + histórico de cada um (clones e snapshots);
  • Continua discussão e endereçando comentários do mantenedor zfs no Fedora;
  • Fase de inicialização implementada: ligue e desligue conjuntos de dados corretos para montar + clonar o que é necessário para ser clonado, como dados de usuário com reversão de conjunto de dados do usuário, se a inicialização de um instantâneo. /! \ precisa torná-los idempotentes;
  • Fase de consolidação implementada: identifique os conjuntos de dados do usuário apropriados com o sistema e promova os necessários;
  • Incrementado e alterado/repensado, o design deve ter o mínimo de alterações possível antes de Commit () e garantir que, se a inicialização falhar, não haverá impacto em outras inicializações;
  • Camada zfs adaptada a essas mudanças, simplificando os arquivos dourados.

O trabalho do Zsys continua disponível sob uma licença GPLv3 no GitHub. Agora é esperar para saber como ficará a questão do suporte ao ZFS em outubro com o lançamento do Ubuntu 19.10 Eoan Ermine.

Fonte

Written by Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Latte Dock 0.9 é lançado

Latte Dock 0.9 beta traz melhorias Wayland

Novos aplicativos Android infectados são encontrados na Google Play Store

Novos aplicativos Android infectados são encontrados na Google Play Store