Hoje é:08/03/2021
Zoom traz aplicações de terceiros para sua experiência de videoconferência

Zoom faz parceria com a Oracle para reforçar sua infraestrutura de nuvem

O fabricante de aplicativos de videoconferência Zoom teve um crescimento exponencial nos últimos meses. Em dezembro, a empresa possuía 10 milhões de usuários ativos diariamente. Já em fevereiro, a contagem aumentou para 200 milhões. Em março, o Zoom superou toda a concorrência, com mais de 300 milhões de usuários ativos diariamente. Assim, o Zoom fez parceria com a Oracle para ajudar a reforçar sua infraestrutura de nuvem.

Zoom faz parceria com a Oracle para reforçar sua nuvem

O Zoom experimentou uma onda de escala para a qual não foi preparado, como evidenciado por problemas de segurança que acompanham a enorme base de clientes. Além disso, esse crescimento pressionou tremendamente sua infraestrutura de nuvem. Não foi capaz de lidar sozinho com seus números crescentes. Ele precisava de um provedor de serviços em nuvem e conseguiu um.

Surpreendentemente, o Zoom escolheu a Oracle para ajudar a reforçar suas necessidades baseadas na nuvem. De acordo com uma pesquisa da Synergy Research de fevereiro, a Oracle tem um “forte nicho de mercado” no mercado de provedores de nuvem, mas está muito atrás dos líderes do setor: Amazon, Microsoft e Google. Portanto, é algo inesperado que o Zoom não tenha parceria com um player mais proeminente.

Amazon, Google e Microsoft todos têm produtos concorrentes; portanto, pode fazer algum sentido não fazer com que seu concorrente forneça a infraestrutura de seus negócios. É um conflito de interesses bem claro.

O Zoom se tornou um serviço essencial para a Oracle

A parceria foi prenunciada um pouco pelos elogios que o presidente da Oracle, Larry Ellison, fez à empresa em um vídeo no início deste mês. O Zoom foi o aplicativo de videoconferência da Oracle durante o desligamento econômico e indicou que a empresa continuaria usando o Zoom mesmo depois de retornar às operações comerciais normais.

Zoom faz parceria com a Oracle para reforçar sua infraestrutura de nuvem

Imagem: Reprodução | Fossbytes.

O presidente da Oracle, Larry Ellison, disse:

O Zoom se tornou um serviço essencial para a Oracle. A maneira como trabalhamos nunca mais será a mesma. Agora nos encontraremos, não apenas cara a cara — nos encontraremos às vezes pessoalmente e às vezes digitalmente via Zoom.

Talvez o Zoom estivesse simplesmente lisonjeado com o elogio. Independentemente disso, apesar de ser um fornecedor menor no setor, a Oracle deve aliviar parte da pressão que o Zoom vem sentindo.

Para colocar em perspectiva, a Microsoft se gabou em novembro passado de manter a maior parte do mercado com 20 milhões de usuários diários ativos. Agora, ela tem 44 milhões.

Fonte: Tech Spot

Profissional da área de manutenção e redes, astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.