in

5 dicas para aumentar sua segurança online

Ficar fora de perigo na internet requer apenas algumas medidas simples.

5 dicas para aumentar sua segurança online
Imagem: madartzgraphics | Pixabay.

A maioria dos usuários da internet toma apenas as medidas de segurança mais básicas (ou nenhuma). Todavia, ficar fora de perigo requer apenas algumas medidas simples.

Portanto, se você não quer ser outro alvo fácil na internet, aqui estão cinco dicas para aumentar sua segurança online e ficar fora de perigo.

5 dicas para aumentar sua segurança online

Use uma VPN

Quando você visita um site sem usar uma VPN, seus dados são expostos à internet mais ampla. Esses dados incluem o endereço específico do seu provedor de serviços de internet (ISP).

Uma VPN cria um túnel criptografado para um servidor remoto do qual sua sessão agora parece estar se originando, ofuscando sua verdadeira localização. Uma vez que os dados estão no túnel, nem mesmo seu próprio ISP pode dizer quais sites você está visitando ou quais dados você está acessando.

5 dicas para aumentar sua segurança online
Uma VPN cria um túnel criptografado para um servidor remoto do qual sua sessão agora parece estar se originando, ofuscando sua verdadeira localização.

VPNs são uma ótima maneira de navegar anonimamente, indo e vindo sem deixar rastros, como um fantasma.

Além de aumentar a segurança, as VPNs também permitem que os usuários acessem dados bloqueados geograficamente e evitem a censura governamental.

Gerenciador de senhas

Se você tiver apenas uma senha simples e usá-la para todos os sites, poderá ter problemas. Mesmo as boas senhas são frequentemente comprometidas por violações e vazamentos de dados por grandes empresas que gerenciam mal os dados do usuário. Esses dados podem então ser comprados online por hackers.

Usar um gerenciador de senhas, diferente do que vem com seu navegador, é uma boa maneira de aumentar a força de suas senhas. Além disso, incentiva o uso de senhas independentes para cada site.

Autenticação de dois fatores (2FA)

Usar a autenticação de dois fatores em sites torna o processo de login uma fração mais longo, mas também aumenta substancialmente a segurança. Existem alguns serviços que já exigem autenticação de dois fatores como padrão. Quando serviços oferecerem, aceite.

Limpe o cache

A maioria dos usuários não percebe quanta informação pessoal é mantida em cookies e cache de internet. Pesquisas salvas, histórico de navegação, detalhes da família e endereço residencial podem ser despejados nas pastas de cache do seu navegador de internet. Portanto, é uma boa prática de segurança excluir esses arquivos regularmente.

Atualize regularmente

Se você possui procedimentos de segurança robustos em vigor e software que ajuda a gerenciá-los, certifique-se de mantê-los sempre atualizados. Novos hacks e exploits estão sendo descobertos o tempo todo. Portanto, vale a pena estar um passo à frente.

Fonte: GBHackers

Intel investiga vazamento online de 20 GB de documentos internos

Microsoft quer melhorar segurança do Linux

Código fonte de dezenas de empresas vazou online