in

5 ferramentas para lembrar comandos Linux

5 ferramentas para lembrar comandos Linux

Existem milhares de ferramentas, utilitários e programas que vêm pré-instalados em um sistema Linux. Você pode executá-los a partir de uma janela de terminal ou console virtual como comandos através de um shell como o Bash.

Um comando é tipicamente o nome do caminho (por exemplo, /usr/bin/top ) ou basename (por exemplo, top) de um programa, incluindo os argumentos passados ??para ele. No entanto, há um equívoco comum entre os usuários do Linux de que um comando é o programa ou ferramenta real.

Lembrar os comandos do Linux e seu uso não é fácil, especialmente para novos usuários do Linux. Portanto, neste artigo, compartilharemos 5 ferramentas para lembrar comandos Linux.

1. Bash History

O Bash registra todos os comandos exclusivos executados pelos usuários no sistema em um arquivo de histórico. O arquivo de histórico bash de cada usuário é armazenado em seu diretório pessoal. Por exemplo, podemos pegar o comando a seguir:  /home/sempreupdate/.bash_history para o usuário sempreupdate). Assim, um usuário pode visualizar apenas seu próprio conteúdo de arquivo de histórico. Já o root pode visualizar o arquivo de histórico bash para todos os usuários em um sistema Linux.

Para visualizar seu histórico bash, use o comando history como mostrado.
$ history

Para buscar um comando no bash history, pressione a tecla Up continuamente para pesquisar uma lista de todos os comandos exclusivos que você executou anteriormente. Se você ignorou o comando que está procurando ou não conseguiu, use a tecla de seta para baixo executar uma pesquisa inversa.

Esse recurso bash é uma das muitas maneiras de lembrar facilmente os comandos do Linux. Você pode encontrar mais exemplos do comando history nestes artigos:

2. Shell Interativo Amigável (Fish)

Fish é um shell moderno, poderoso, fácil de usar, rico em recursos e interativo, compatível com Bash ou Zsh. Ele suporta sugestões automáticas de nomes de arquivos e comandos no diretório atual e histórico, respectivamente. Portanto, ajuda você a lembrar facilmente os comandos.

Na captura de tela a seguir, o comando “ uname -r ” está no histórico do bash, para lembrá-lo facilmente, digite o último “u”ou “un”e fish irá sugerir automaticamente o comando completo. Se o comando auto-sugerido for o que você deseja executar, use a tecla de seta para a direita para selecioná-lo e executá-lo.

 [email protected]:/home/claylson# apt install fish
Lendo listas de pacotes… Pronto
Construindo árvore de dependências
Lendo informação de estado… Pronto
Starting pkgProblemResolver with broken count: 0
Starting 2 pkgProblemResolver with broken count: 0
Done
The following additional packages will be installed:
fish-common libpcre2-32-0 xsel
Pacotes sugeridos:
doc-base
Os NOVOS pacotes a seguir serão instalados:
fish fish-common libpcre2-32-0 xsel
0 pacotes atualizados, 4 pacotes novos instalados, 0 a serem removidos e 0 não atualizados.
É preciso baixar 1.795 kB de arquivos.
Depois desta operação, 10,8 MB adicionais de espaço em disco serão usados.
Você quer continuar? [S/n] s
Obter:1 http://br.archive.ubuntu.com/ubuntu bionic/universe amd64 fish-common all 2.7.1-3 [1.025 kB]
Obter:2 http://br.archive.ubuntu.com/ubuntu bionic/universe amd64 libpcre2-32-0 amd64 10.31-2 [160 kB]
Obter:3 http://br.archive.ubuntu.com/ubuntu bionic/universe amd64 fish amd64 2.7.1-3 [591 kB]
Obter:4 http://br.archive.ubuntu.com/ubuntu bionic/universe amd64 xsel amd64 1.2.0-4 [19,0 kB]
Baixados 1.795 kB em 1s (1.411 kB/s)
A seleccionar pacote anteriormente não seleccionado fish-common.
(Lendo banco de dados … 155187 ficheiros e directórios actualmente instalados.)
A preparar para desempacotar …/fish-common_2.7.1-3_all.deb …
A descompactar fish-common (2.7.1-3) …
A seleccionar pacote anteriormente não seleccionado libpcre2-32-0:amd64.
A preparar para desempacotar …/libpcre2-32-0_10.31-2_amd64.deb …
A descompactar libpcre2-32-0:amd64 (10.31-2) …
A seleccionar pacote anteriormente não seleccionado fish.
A preparar para desempacotar …/fish_2.7.1-3_amd64.deb …
A descompactar fish (2.7.1-3) …
A seleccionar pacote anteriormente não seleccionado xsel.
A preparar para desempacotar …/xsel_1.2.0-4_amd64.deb …
A descompactar xsel (1.2.0-4) …
A processar ‘triggers’ para libc-bin (2.27-3ubuntu1) …
A processar ‘triggers’ para man-db (2.8.3-2ubuntu0.1) …
Configurando xsel (1.2.0-4) …
Configurando fish-common (2.7.1-3) …
Configurando libpcre2-32-0:amd64 (10.31-2) …
Configurando fish (2.7.1-3) …
A processar ‘triggers’ para libc-bin (2.27-3ubuntu1) …
[email protected]:/home/claylson# fish
Bem-vindo ao fish, o friendly interactive shell
[email protected] /h/claylson# apt
apt 1.6.6 (amd64)
Usage: apt [options] command

apt is a commandline package manager and provides commands for
searching and managing as well as querying information about packages.
It provides the same functionality as the specialized APT tools,
like apt-get and apt-cache, but enables options more suitable for
interactive use by default.

Most used commands:
list – list packages based on package names
search – search in package descriptions
show – show package details
install – install packages
remove – remove packages
autoremove – Remove automaticamente todos os pacotes não usados
update – update list of available packages
upgrade – upgrade the system by installing/upgrading packages
full-upgrade – upgrade the system by removing/installing/upgrading packages
edit-sources – edit the source information file

See apt(8) for more information about the available commands.
Configuration options and syntax is detailed in apt.conf(5).
Information about how to configure sources can be found in sources.list(5).
Package and version choices can be expressed via apt_preferences(5).
Security details are available in apt-secure(8).
Este APT tem Poderes de Super Vaca.
[email protected] /h/claylson#

O Fish é um programa shell completo com uma série de recursos para você se lembrar dos comandos do Linux de maneira direta. Porém, é preciso tê-lo instalado no seu sistema. Ele pode ser obtido facilmente:

sudo apt install fish

3. Ferramenta Apropos

Apropos pesquisa e exibe o nome e a breve descrição de uma palavra-chave, por exemplo, um nome de comando, conforme escrito na página man desse comando.

Se você não souber o nome exato de um comando, basta digitar uma palavra-chave (expressão regular) para procurá-lo. Por exemplo, se você estiver pesquisando a descrição do comando docker-commit, poderá digitar o docker, o apropos pesquisará e listará todos os comandos com a janela de encaixe de cadeia de caracteres e sua descrição também.

$ apropos docker

 

[email protected] ~# apropos fish
fish (1)             – the friendly interactive shell –
fish_indent (1)      – indenter and prettifier –
fish_key_reader (1)  – explore what characters keyboard keys send –

Você pode obter a descrição da palavra-chave exata ou do nome do comando que você forneceu, conforme mostrado.

$ apropos docker-commit
OU
$ apropos -a docker-commit

Esta é outra maneira útil de lembrar os comandos do Linux, para guiá-lo em qual comando usar para uma tarefa específica ou se você esqueceu o que um comando é usado. Continue lendo, porque a próxima ferramenta é ainda mais interessante.

4. Explain Shell Script

Explain Shell é um pequeno script Bash que explica os comandos do shell. Requer o programa curl e uma conexão de internet funcional. Ele exibe um resumo da descrição do comando e, além disso, se o comando incluir um sinalizador, também mostrará uma descrição desse sinalizador.

Para usá-lo, primeiro você precisa adicionar o seguinte código na parte inferior do seu arquivo  $HOME/.bashrc.

# explain.sh begins
explain () {
if [ “$#” -eq 0 ]; then
while read -p “Command: ” cmd; do
curl -Gs “https://www.mankier.com/api/explain/?cols=”$(tput cols) –data-urlencode “q=$cmd”
done
echo “Bye!”
elif [ “$#” -eq 1 ]; then
curl -Gs “https://www.mankier.com/api/explain/?cols=”$(tput cols) –data-urlencode “q=$1”
else
echo “Usage”
echo “explain interactive mode.”
echo “explain ‘cmd -o | …’ one quoted command to explain it.”
fi
}

Salve e feche o arquivo, em seguida, fonte ou abra um novo terminal janelas.

$ source .bashrc

Supondo que você tenha esquecido o que o comando “apropos -a” faz, você pode usar o comando explain para ajudá-lo a lembrar, como mostrado.

$ explain 'apropos -a'

 

Este script pode explicar a você qualquer comando shell de forma eficaz, ajudando você a se lembrar dos comandos do Linux. Ao contrário do shell script explain, a próxima ferramenta traz uma abordagem distinta, mostra exemplos de uso de um comando.

5. Cheat Program

Cheat é um programa de folha de instruções de linha de comandos simples e interativo que mostra casos de uso de um comando do Linux com várias opções. É útil para novatos e administradores de sistemas do Linux.

Para instalar e usar, é preciso ter antes Python e Pip no sistema. No exemplos abaixo, a instalação em Debian, Ubuntu e derivados.

sudo apt-get install Python
sudo apt-get install python-pip
apt-get install git (Em sistemas baseados em Debian)
yum install git (em sistemas baseados em RedHat)
pip install docopt pygments
git clone https://github.com/chrisallenlane/cheat.git

Isso é tudo! Neste artigo, compartilhamos 5 ferramentas para lembrar comandos Linux.

Escrito por Claylson

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

KDE Wayland deve funcionar em breve no BSD

KDE Wayland deve funcionar em breve no BSD

Fedora 30 prepara mudanças no boot

Fedora 30 planeja habilitar geradores Python por padrão