Categorias

o-android-13-tem-codinome-interno-vazado-a-aposta-agora-e-a-sobremesa-tiramisu

Android

Games

Notícias

Tutoriais Linux

Vídeos

Notícias

24/07/2021 às 08:00

5 min leitura

Avatar Autor
Por Jardeson Márcio

A Apple corrige bug do Wi-Fi que interrompe a conectividade do iPhone

O bug era causado pelo acesso a redes Wi-Fi com nomes estranhos

apple-patenteia-teclado-com-chave-removivel

Um bug no Wi-Fi do iPhone causava uma interrupção na conectividade ao tentar conectar o aparelho em uma rede com nome estranho, com caractere “%”. No entanto, a Apple lançou atualizações de segurança para lidar com dezenas de vulnerabilidades, entre elas, esse bug do Wi-Fi.

A vulnerabilidade, rastreada como CVE-2021-30800 e um bug de dia zero quando o pesquisador de segurança Carl Schou a divulgou publicamente, foi corrigida pela Apple com o lançamento do iOS 14.7 no início desta semana. A exploração bem-sucedida tornaria possível  interromper a funcionalidade Wi-Fi de um iPhone ao ingressar em hotspots com SSIDs contendo o caractere “%” (ou seja, % p% s% s% s% s% n).

a-apple-corrige-bug-do-wifi-que-interrompe-a-conectividade-do-iphone
Imagem: Reprodução | BleepingComputer

Uma vez acionado em um iPhone, iPad ou iPod vulnerável, o bug o tornaria incapaz de estabelecer conexões Wi-Fi, mesmo após reiniciar ou renomear o ponto de acesso Wi-Fi. Assim, para corrigir o problema era necessário redefinir as configurações de rede do dispositivo.

Redes Wi-Fi com caractere “%” quebravam o Wi-Fi do iPhone

Como ZecOps descobriu posteriormente, os agentes de ameaças também podem executar código arbitrário sem interação do usuário quando dispositivos sem patch ingressam em um ponto de acesso Wi-Fi nocivo com um SSID criado com códigos maliciosos contendo o caractere “% @” (ou seja, DDDD% x% x% x% @), lembra o BleepingComputer.

Felizmente, como a inicialização de segurança móvel ZecOps revelou, o componente de execução remota de código zero-click do WiFiDemon estava presente apenas a partir do iOS 14.0 e foi silenciosamente resolvido pela Apple com o lançamento do iOS 14.4.

Os invasores podem explorar esse bug plantando pontos de acesso Wi-Fi maliciosos em áreas populares e de grande circulação para atacar dispositivos iPhone configurados para se conectar automaticamente a novas redes Wi-Fi, por exemplo. Ou seja, pode te pegar totalmente desprevenido.

Se você já atualizou seu iPhone para o iOS 14.7, não deve mais se preocupar com esse problema. No entanto, caso ainda não o tenha feito, ou precise aguardar mais um pouco até que isso aconteça, desative agora mesmo recurso de se conectar automaticamente às redes Wi-Fi.

O bug afeta o iPhone 6s e posterior, todos os modelos de iPad Pro, iPad Air 2 e posterior, iPad de 5ª geração e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7ª geração), como a Apple revelou em um comunicado de segurança publicado no início desta semana.

Felizmente, com a atualização, os usuários podem se livrar do problema. Até porque, desativar a capacidade de se conectar automaticamente às redes Wi-Fi não é nada bom.

Via: BleepingComputer

Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.