in

Adoção de software de código aberto está se acelerando nas empresas

As categorias de aplicativos tradicionalmente dominadas por aplicativos proprietários estão sendo substituídas por softwares de código aberto, de acordo com uma nova pesquisa.

adocao-de-software-de-codigo-aberto-esta-se-acelerando-nas-empresas

Para aplicativos de negócios, o software de código aberto é muitas vezes a primeira escolha. Embora a intenção inical tenha sido a redução de custos, um verdadeiro ecossistema foi criado. Assim, houve uma importante integração de habilidades de desenvolvedores centrados em soluções de código aberto que solidificaram sua importância na empresa. Cerca de 69% dos profissionais de TI indicam que o software de código aberto é extremamente ou muito importante. É o que mostra a primeira pesquisa da State of Enterprise Open Source da Red Hat, publicada na terça-feira. Dos 950 profissionais de TI pesquisados, apenas 1% indicou que o software de código aberto era “nada importante”.

A crescente importância do open source

A adoção de código aberto é essencial para continuar com níveis altos de produtividade. Nos últimos 12 meses, 68% dos entrevistados relataram um aumento no uso de software de código aberto. Outros 29% não relataram nenhuma mudança. Para os próximos 12 meses, 59% esperam um aumento, enquanto 39% esperam nenhuma mudança.

O software de código aberto é mais usado para desenvolvimento de sites (45%), com as ferramentas de gerenciamento de nuvem seguindo de perto (43%). Segurança e big data seguidos em 42%, com 41% dos entrevistados citando o uso do banco de dados, e 38% usando código aberto para servidores web.

A disseminação geográfica da adoção da ferramenta de gerenciamento de nuvem de código aberto é bastante desigual. Assim, são 48% de APAC e 46% dos entrevistados dos EUA usando, embora apenas 37% dos entrevistados no Reino Unido e na América Latina o façam.

Um custo total de propriedade mais em conta foi o benefício mais citado do uso de software de código aberto, com 33%. Da mesma forma, melhor segurança e “acesso às últimas inovações” estavam vinculados a 29%.

Isso é significativo porque fala diretamente de uma das maneiras pelas quais o código aberto é fundamentalmente diferente do software proprietário, o líder de tecnologia da Red Hat, Gordon Haff, escreveu em um post no blog. O software de código aberto da empresa pode ser bem suportado e mais seguro e confiável, com certeza. Porém, o mesmo pode ser dito do software de muitos fornecedores proprietários. Uma das características exclusivas do código aberto é a forma como permite que indivíduos e organizações colaborem para alcançar objetivos comuns com um mínimo de estrutura e outras barreiras.

Os entrevistados também indicaram software de maior qualidade (26%) e acesso a suporte de nível corporativo (25%). Do mesmo modo, citaram a capacidade de personalizar aplicativos (25%) como benefícios.

Fonte

Escrito por Claylson

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

As maiores violações de segurança de 2018! E o que devem nos preocupar em 2019!

instalar-o-jekyll-no-debian-ubuntu-fedora-no-linux

Como instalar o Jekyll no Ubuntu, Debian, Fedora e derivados!