in

BleachBit System Cleaner agora é compatível com Chromium Snap e versões recentes do Ubuntu e Fedora

Veja outras características do sistema.

BleachBit System Cleaner agora é compatível com Chromium Snap e versões recentes do Ubuntu e Fedora

O programa BleachBit, limpador de sistema de código aberto, foi atualizado para a versão 4.2. Agora, ele possui uma mudança importante, pois o BleachBit System Cleaner introduz suporte para os últimos lançamentos do Ubuntu e Fedora Linux, além do Chromium Snap. As noviades não acabam aí.

O BleachBit 4.2 está aqui nove meses após o grande lançamento do BleachBit 4.0. Portanto, esta é considerada uma atualização de manutenção. Assim, corrige alguns problemas, adiciona suporte para limpar novos programas, bem como suporte para as distribuições GNU/Linux mais recentes.

BleachBit System Cleaner agora é compatível com Chromium Snap e versões recentes do Ubuntu e Fedora

BleachBit System Cleaner agora é compatível com Chromium Snap e versões recentes do Ubuntu e Fedora

Em primeiro lugar, BleachBit 4.2 agora é compatível com as versões mais recentes do Ubuntu e Fedora Linux. Isso significa que agora você pode baixar BleachBit como um pacote DEB ou RPM que pode ser instalado no Ubuntu 20.04 LTS (Focal Fossa) ou Ubuntu 20.10 (Groovy Gorilla), bem como no Fedora Linux 32 ou Fedora Linux 33.

Então, o BleachBit 4.2 adiciona suporte para limpar o navegador de código aberto Chromium quando instalado como pacote Snap. Como você provavelmente já sabe, a Canonical decidiu mudar para a versão Snap do Chromium para seus últimos lançamentos Ubuntu 20.04 LTS e Ubuntu 20.10. Assim, este novo recurso do BleachBit deve ser útil para aqueles que usam o Chromium.

Outros aplicativos suportados que o BleachBit pode limpar agora são:

  • o Zoom;
  • navegador de código aberto Pale Moon;
  • e o mensageiro Slack.
  • Entre algumas das melhorias que surgiram neste lançamento, BleachBit agora preservará favicons marcados ao limpar o navegador Mozilla Firefox;
  • adiciona retalhamento e suporte de pesquisa avançada ao fazer operações de varredura profunda;
  • e não exclui mais extensões do LibreOffice.

Um monte de bugs que estavam presentes no BleachBit 4.0 também foram corrigidos para tornar o software mais estável e confiável.

Conheça os detalhes sobre as novas características do programa neste link.

Você pode baixar BleachBit 4.2 para Ubuntu, Debian GNU/Linux, Fedora Linux, CentOS, openSUSE e Linux Mint agora mesmo do site oficial. Porém, se você usa uma das distribuições derivadas, também será capaz de fazer a instalação do programa normalmente. Versões para outros sistemas devem chegar em breve aos repositórios oficiais.

9to5 Linux