Chrome testa modo escuro para Android

Em breve, o Google testará um modo escuro no Chrome para Android, dando continuidade ao esforço de adequar seu navegador à tendência recente de aplicativos mais escuros e mais elegantes. Além disso, foi constatado que o modo escuro pode economizar bateria. Portanto, leia neste post que o navegador Chrome testa modo escuro para Android.

Na semana passada, o Chrome Canary para Windows e Mac tinha um modo escuro oculto, ainda em andamento. Ele pode ser ativado com um sinalizador de linha de comando (não como os encontrados em chrome: //flags). Não há previsões para a função no Linux.

Android Q

A partir dos comentários sobre esse post (e da internet), é óbvio que as pessoas estão pedindo que o Chrome para Android também possua um modo escuro próprio. Combinando isso com o Android Q, aparentemente com um modo escuro adequado para todo o sistema, era apenas uma questão de tempo para que o Google escurecesse o aplicativo Android do Chrome.

Para reforçar as suspeitas, foi postado um novo commit para o gerenciamento de código-fonte do Gerrit do Chromium. Nele, podemos ver claramente que o Google vem trabalhando no modo escuro para o Chrome para Android. Inclusive, tudo está pronto para alguns testes iniciais em dispositivos.

Chrome testa modo escuro para Android

Infelizmente, como o modo escuro também está oculto por trás de um sinalizador de construção, provavelmente não poderemos experimentar um Chrome para Android mais escuro em breve. Isso mesmo em compilações Canary. Portanto, possivelmente, a única maneira de obter um gostinho será esperar o desenvolvimento do Chromium a partir da fonte.

Quando o modo escuro se tornar disponível para teste, ele deve ser encontrado sob a bandeira “# enable-android-night-mode”. Porém, novamente, pode demorar um bom tempo até que possamos todos colocar as mãos e os olhos nele. Então, o mais provável é que essa estreia só ocorra a partir do Android Q.

Fonte

Claylson
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

GNOME 3.32 deve estrear no Fedora 30

Previous article

GNU Bash 5.0 já está disponível

Next article

You may also like

More in Android