Categorias

o-android-13-tem-codinome-interno-vazado-a-aposta-agora-e-a-sobremesa-tiramisu

Android

Games

Notícias

Tutoriais Linux

Vídeos

Notícias

29/01/2021 às 12:00

5 min leitura

Avatar Autor
Por Claylson Martins

Clonezilla Live 2.7.1 lançado com Linux 5.10 LTS e suporte aprimorado do RAID para Linux

Clonezilla Live 2.7.1 lançado com Linux 5.10 LTS e suporte aprimorado do RAID para Linux

O desenvolvedor Steven Shiau anunciou o lançamento do Clonezilla Live 2.7.1-22, um sistema Linux live baseado no Debian Sid construído em torno do poderoso programa de clonagem e imagem de disco de código aberto Clonezilla. A nova versão estável do Clonezilla Live 2.7.1 é lançado três meses após a versão 2.7.0 e vem com o kernel Linux 5.10 LTS. O sistema tem sincronização com os repositórios de software upstream do Debian Sid (instável) em 27 de janeiro de 2021.

Outra mudança importante no Clonezilla Live 2.7.1 é a substituição do programa exfat-utils para suportar o sistema de arquivos exFAT em sistemas semelhantes ao Unix por exfatprogs. Este é um programa que fornece utilitários de espaço de usuário mais modernos para a nova implementação do sistema de arquivos exFAT introduzida no kernel do Linux 5.7 e posterior. Como esperado, isso deve fornecer aos usuários um melhor suporte exFAT.

Clonezilla Live 2.7.1 lançado com Linux 5.10 LTS e suporte aprimorado do RAID para Linux

Clonezilla Live 2.7.1 lançado com Linux 5.10 LTS e suporte aprimorado do RAID para Linux

Além desse suporte aprimorado do RAID para Linux, o Clonezilla Live 2.7.1 inclui:

  • pacote f3 para testar a capacidade total de um cartão flash;
  • recebeu suporte de persistência no boot live;
  • e suporte para formato mais relacionado ao tempo para “autoname-” e nomes de imagens de geração automática personalizados para o programa ocs-sr, cujo parâmetro –rescue recebeu atualização para funcionar com ocs-onthefly.

Vários outros novos pacotes estão na nova versão. São eles: atop, bashtop, glances, iperf3, ipv6calc, python3-psutil, usbtop e vnstat. Os desenvolvedores acham que eles podem ser úteis ao usar o Clonezilla Live para clonar partições ou discos.

Entre outras mudanças importantes:

  • Clonezilla Live agora suporta esquemas de servidor Samba com a versão atribuída como smb1, smb1.0, smb2, smb2.0, smb2.1, smb3, smb3.0, smb3.11 e smb3.1.1;
  • permite a configuração de idioma para en_US (inglês dos Estados Unidos) em grub.cfg;
  • e mostra o tamanho do sistema de arquivos e partição na IU baseada em terminal ao listar partições em restoreparts.
  • Por último, esta versão atualiza a tradução do idioma espanhol (es_ES);
  • reduz ezio_cache_ratiode 0,7 para 0,5 em drbl-ocs.conf, adiciona o modo leecher (-l | –for-leecher) no programa ocs-btsrv;
  • e remove o parâmetro nodiratime na opção do comando mount.

Um monte de bugs que estavam presentes em versões anteriores também receberam correção. Você pode verificar mais detalhes sobre o que foi adicionado, alterado e corrigido na página de anúncio de lançamento. Enquanto isso, você pode baixar o Clonezilla Live 2.7.1-22 agora mesmo para computadores de 64 ou 32 bits.

9to5 Linux

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.