Categorias

Android

Games

Notícias

Tutoriais Linux

Vídeos

Linux

18/06/2016 às 17:43

12 min leitura

Avatar Autor
Por Emanuel Negromonte

Como configurar o Raid 0 no Ubuntu/Debian/LinuxMint/Duzeru via Software, funciona em qualquer GNU/Linux!

Raid 0 640x295

Antes de começarmos, entenda o conceito de Raid 0:

No striping, ou distribuição, os dados são subdivididos em segmentos consecutivos (stripes, ou faixas) que são escritos seqüencialmente através de cada um dos discos de um array, ou conjunto. Cada segmento tem um tamanho definido em blocos. A distribuição, ou striping, oferece melhor desempenho comparado a discos individuais, se o tamanho de cada segmento for ajustado de acordo com a aplicação que utilizará o conjunto, ou array.
Há problemas de confiabilidade e desempenho. RAID 0 não terá desempenho desejado com sistemas operacionais que não oferecem suporte a busca combinada de setores. Uma desvantagem desta organização é que a confiança se torna geometricamente pior. Um disco SLED com um tempo médio de vida de 20.000 horas será 4 vezes mais seguro do que 4 discos funcionando em paralelo com RAID 0 (admitindo-se que a capacidade de armazenamento somada dos quatro discos for igual ao do disco SLED). Como não existe redundância, não há confiabilidade neste tipo de organização.
Vantagens:
  • Acesso rápido as informações (até 50% mais rápido).
  • Custo baixo para expansão de memória.

Desvantagens:

  • Caso algum dos setores de algum dos HD’s venha a apresentar perda de informações, o mesmo arquivo que está dividido entre os mesmos setores dos demais HD’s não terão mais sentido existir, pois uma parte do arquivo foi corrompida, ou seja, caso algum disco falhe, não tem como recuperar.
  • Não é usado paridade.
Via Wikipédia
Requerimento minimo: (Qualquer GNU/Linux) Neste usei o Ubuntu 12.04 ou superior – Dois discos (de preferência exatamente iguais. Usei dois discos SCSI Seagate de 36Gbs cada para essa experiência):
2011 05 12 14 32 30 30
2011 05 10 15 00 40 952

Vamos começar a configuração! 

1. Siga com a instalação normalmente até a hora de particionar os discos. Já no particionamento de discos escolha a opção Manual:
2011 05 10 15 53 42 436
2. Apague todas as partições deixando exatamente como na figura abaixo:
2011 05 10 15 54 17 772
3. Selecione o disco (não a partição), de um enter, e selecione “Automatically partition the free space“. Esta opção pode ser feita manualmente se você quiser:
2011 05 10 15 55 10 311
4. Logo após os passos acima, a estrutura de partições deverá estar parecida com a das imagens abaixo:
2011 05 10 15 55 22 374
2011 05 10 15 55 38 335

5. Selecione a opção “Configure software RAID” e logo depois a opção “Create MD device” – Selecione a opção RAID0. Na escolha das partições, selecione primeiramente as duas sdX1 (onde X é a letra que corresponde ao seu HD) A soma destas partições será a área do seu FS:
2011 05 10 15 54 29 577
2011 05 10 15 55 58 130
2011 05 10 15 56 11 960
6. Selecione novamente a opção “Configure software RAID” e logo depois a opção “Create MD device” – Selecione a opção RAID0. Na escolha das partições, selecione as duas partições restantes e logo depois em finish para finalizar a criação dos arrays:
2011 05 10 15 56 28 803
2011 05 10 15 56 44 702
7. Sua estrutura deverá estar parecida com a da imagem abaixo:
2011 05 10 15 57 02 335
8. Selecione a partição #1 do Raid Device 0, e escolha o tipo de FS e onde será montado (geralmente no /). Depois selecione “Done setting up the partition”:
2011 05 10 15 57 19 217
2011 05 10 15 57 53 577
9. Selecione a partição #1 do Raid Device 1, e escolha o modo de partição swap. Depois selecione “Done setting up the partition”:
2011 05 10 15 59 19 936
10. Sua estrutura agora deverá estar parecida com a da imagem abaixo:
2011 05 10 15 59 34 592
11. Selecione “Finish partitioning and write change to disk“. Na tela seguinte “Yes” e aguarde a instalação do sistema:
2011 05 10 15 59 44 842
2011 05 10 16 00 51 515
[ads-post]

Tags:

RAID Tutoriais

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.