Neste artigo, vamos ver como criar um servidor FTP nas principais distribuições Linux com o ProFTPD.  O File Transfer Protocol (Protocolo de Transferência de Arquivos), FTP, e é uma forma bastante rápida e versátil de transferir arquivos, sendo uma das mais usadas na Internet. A transferência de dados em redes de computadores envolve normalmente transferência de arquivos e acesso a sistemas de arquivos remotos (com a mesma interface usada nos arquivos locais). Ele ainda é muito utilizado por desenvolvedores que queiram fazer o upload de arquivos em servidores remotos ou até mesmo por equipamentos como relógios de ponto, impressoras ou scanners de rede.

Vou abordar neste tutorial a instalação do ProFTPD, um servidor FTP muito simples, versátil e seguro.

Instalando o ProFTPD

Primeiramente vamos efetuar a instalação do software
Para Debian 7 Wheezy/Debian 8 Jessie:
sudo apt-get install proftpd openssl
Para Fedora, OpenSUSE, CentOS/RHEL 7:
yum install -y proftpd openssl proftpd-utils
Durante a instalação, ele irá perguntar o modo de operação do servidor FTP, selecione o método “Autonomo”

Configurando e habilitando o serviço no CentOS e Red Hat 7

O CentOS vem por default com o Firewall bloqueando todos os serviços externos e desabilitando os serviços na inicialização do sistema, obrigando o administrador a startar os mesmos manualmente, por isso vamos habilitar o serviço para iniciar automático junto com o sistema e permitir o acesso externo a ele.
Iniciando o serviço e habilitando a inicialização automática
systemctl start proftpd.service
systemctl enable proftpd.service
Habilitando o serviço no Firewall
systemctl enable proftpd.service
firewall-cmd --reload

Configurando o serviço ProFtpd

Criando os usuários e grupos do FTP

Edite o arquivo /etc/proftpd/proftpd.conf
vim /etc/proftpd/proftpd.conf
E procure pelas linhas User e Group e altere seus valores para:

O importante aqui é definir o grupo. Vamos criar um grupo chamado ftpgroup mais tarde e um usuário com senha e sem shell para acessarmos o serviço externamente com segurança.
Agora vamos definir a pasta padrão do FTP. Para isso, vamos buscar pela linha “Default Root” e descomentá-la, restringindo o acesso somente para a pasta /var/www/, deixando semelhante a abaixo:
# Use this to jail all users in their homes
DefaultRoot /var/www/
E configurar a porta do serviço para a 21, troque caso ache necessário
# Port 21 is the standard FTP port.
Port 21
Lembrando que o diretório é opcional, apontei para a pasta /var/www pensando em um servidor Web.
Você pode ter vários sites rodando no seu FTP, e querer criar um usuário FTP para cada, para que cada cliente só possa acessar o seu próprio diretório. Para isso, basta colocar na DefaultRoot o caractere “~” que representa a home do usuário, e criar um usuário com a opção -d apontando para o diretório que se deseja compartilhar.
Agora vamos reiniciar o serviço
service proftpd restart

Criando o Grupo FTP e Adicionando um Usuário

Edite o arquivo /etc/shells e adicione a linha /bin/false
vim /etc/shells
Crie um grupo chamado “ftpgroup” e após crie um usuário e o adicione a este grupo.
groupadd ftpgroup
Agora vamos criar um usuário no grupo groupftp e apontar sua home para a pasta do apache, fazendo assim com que ele se conecte apenas com a pasta /var/www/
useradd USUARIODOFTP -s /bin/false -d /var/www/ -G ftpgroup
passwd USUARIODOFTP
Agora pelo Filezilla, ou qualquer cliente FTP, digite o IP do servidor com o usuário e senha que definimos.
Redação
Este usuário é utilizado quando um post é migrado de um usuário para outro, ou quando alguém envia um conteúdo ao SempreUPdate.

    Nvidia diz que Intel manipulou testes para dar vantagem ao Xeon Phi em comparativo as suas GPU’s!

    Previous article

    Usando o Pacman no Arch Linux – parte 3 – yaourt

    Next article

    You may also like

    Comments

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    More in Tutoriais