chrome-os-compativel-com-aplicativos-para-linux

Recentemente, abordamos que o Chrome OS passará a rodar aplicativos Linux e que mais modelos de notebook estão sendo lançados com o sistema operacional do Google. Agora, saiba como habilitar aplicativos do Linux no Chrome OS a partir destas dicas publicadas originalmente pelo site 9to5Google.

Primeiramente, você precisará ter seu Chromebook na versão Dev. Antes de começar, esteja avisado de que perderá tudo (arquivos baixados, fotos, permissões de proprietário e redes salvas de todas as contas), pois o Chromebook ficará completamente limpo.

Como verificar qual versão do Chrome OS está em execução

  1. Faça o login no seu Chromebook;
  2. Clique na foto da conta localizada no canto inferior direito da tela;
  3. Selecione o  ícone Configurações;
  4. Clique no ícone do menu;
  5. Role a página para baixo e localize  Sobre o Chrome OS;
  6. Dentro, selecione  Informações de compilação detalhadas (Detailed build information);
  7. Você verá qual versão está instalada ao lado do canal (Channel).

Como alternar entre canais estáveis, beta e de desenvolvimento do Chrome OS

  1. Faça login no seu Chromebook com a conta do proprietário;
  2. Clique na foto da conta localizada no canto inferior direito da tela;
  3. Então, selecione o  ícone de engrenagem Configurações;
  4. Clique no ícone do menu;
  5. Role para baixo e localize  Sobre o Chrome OS;
  6. Após, selecione  Informações de compilação detalhadas;
  7. Clique em  Alterar canal ao lado da seção “Canal”
  8. Escolha o seu canal desejado;
  9. Logo depois, clique em  Change Channel;
  10. Se você estiver mudando para um canal experimental, seu Chromebook fará o download de uma atualização e vai reiniciar;
  11. Se você estiver mudando para um canal mais estável, será necessário clicar em Reiniciar e Powerwash após a instalação da atualização. Assim, a memória do seu Chromebook será limpa.

Em seguida, dependendo do seu Chromebook, haverá duas coisas que você precisa fazer. O primeiro passo é seguir para  chrome://components/ no seu navegador e verificar se há uma atualização para o  cros-termina. Depois disso, vá para chrome:// flags/#enable-experimental-crostini-ui e ative o sinalizador. Deste modo, o Chrome será reiniciado.

Contudo, se você não vir essas opções na sua máquina, não se preocupe. Então, siga para a próxima etapa.

Depois, abra o menu Configurações do Chrome OS. Então, se tudo funcionou corretamente, você deverá ver uma nova  seção do Linux (beta). Nela, abra e clique na opção Ativar. Ainda lá, você deve ver outra opção para instalar o aplicativo Terminal. Depois, pode levar um bom tempo para que tudo seja estabelecido, mas quando estiver pronto, sua máquina será reinicializada.

Quando tudo estiver concluído, você pode tentar abrir o aplicativo Terminal. Desta forma, se for iniciado corretamente, você agora tem suporte aos aplicativos Linux no seu Chromebook.

Atenção!

Porém, fique atento. Tudo isso ainda está em desenvolvimento e deve ser tratado como um teste. Esses passos não são recomendados para usuários menos experientes. Assim, o melhor é esperar o lançamento de uma versão estável.

As dicas são de Justin Duino, do site 9to5Google.
Claylson
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Como instalar o Trello no GNU/LINUX

Previous article

Confira as principais novidades do Deepin 15.6

Next article

You may also like

More in Dicas