Categorias

Android

Games

Notícias Linux

Tutoriais Linux

Vídeos

Tutoriais Linux

17/10/2018 às 10:00

4 min leitura

Avatar Autor
Por Emanuel Negromonte

Como instalar o ClamAV Antivírus no Ubuntu, Debian, Linux Mint,Fedora, CentOS, RHEL

Novos recursos do ClamAV 0.103.1 que chega com melhorias e otimizações para análise de imagens

A gente sabe que o GNU/Linux é seguro, poucos vírus existem para ele. Quando falamos em vírus para Linux, logo associamos a problemática a comparação do Windows, o que nem de longe é igual. Mas, de forma particular, eu costumo ter um antivírus instalado, tanto porque uso o Wine e sim, existem vírus que se alojam ali e podem até criptografar a minha /home, e também porque volta e meia aparece um amigo com algum dispositivo móvel como pendrive, hd externo, sem conseguir fazer a leitura do dispositivo, e quando eu executo o ClamAV Antivírus uma porrada de malwares é encontrado e claro removido. E se você quer também ter um antivírus, saiba como instalar o ClamAV Antivírus no Ubuntu, Debian, Linux Mint, Fedora, CentOS, RHEL.

Como instalar o ClamAV Antivírus no Ubuntu, Debian, Linux Mint,Fedora, CentOS, RHEL

Para começar vamos precisar do Terminal, você pode abri-lo manualmente, ou se preferir, execute o comando Ctrl + Alt + T e copie e cole os comandos abaixo de acordo com a sua distribuição. Observe que em alguns comandos o sudo esta presente, se você estiver usando uma distribuição onde o sudo não vem ativado você pode executar os comandos como ROOT, se for o Debian, você pode seguir o nosso tutorial de como instalar e habilitar o sudo no Debian.

Para instalar o ClamAV Antivírus no Ubuntu, Linux Mint, Deepin e Debian, execute

sudo apt install clamav clamtk

Para Fedora, execute:

sudo dnf install clamav clamtk

Para RHEL, CentOS:

sudo yum install clamav clamtk

Com isso você vai ter um excelente antivírus instalado no seu Linux, e como dito antes, não é obrigatório tê-lo instalado, mas eu costumo pensar que já que o ClamAV Antivírus existe e é constantemente atualizado, porque não usar? Pois bem, eu uso e recomendo! Até a próxima dica!

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

Os comentários estão desativados.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.