Take a fresh look at your lifestyle.

Como instalar o Equalizador avançado ‘PulseEffects’ no Linux

Se você gosta de efeitos de áudio, então precisa conhecer o PulseEffects, tenha vários efeitos em seu Linux, nesta dica saiba como instalar.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Se você está procurando por um equalizador de áudio avançado para Linux, não procure mais porque você veio ao lugar certo. Aqui vou te apresentar o PulseEffects, que é um equalizador, limitador, reverb e compressor para o PulseAudio. Então neste artigo, saiba como instalar o PulseEffects no Ubuntu, Fedora ou Arch Linux e assim ter muitos efeitos em seus áudios, use a imaginação.

PulseAudio é um servidor de som de capacidade livre e de código aberto distribuído através do projeto freedesktop.org. Ele é executado principalmente no Linux e várias distribuições BSD. Quando você ouve qualquer áudio sair do seu notebook ou Desktop, saiba que o PulseAudio é responsável por esse processo. PulseEffects é um aplicativo usado para gerenciar e controlar efeitos de áudio do PulseAudio no Linux e também outros sistemas Unix.

Desde a versão 2.0.0 do PulseEffects, é possível aplicar efeitos até mesmo as saídas do microfone e ao mesmo tempo em que os aplica para a saída das aplicações.

Existem várias maneiras de instalar PulseEffects no Linux, os mais comuns são:

  • Usando binário distribuído por sua distribuição Linux
  • Compilando a partir do código fonte disponível no github
  • Instalando do flathub usando flatpak
Neste guia, vamos executar a Instalação a partir do binário e usando o flatpak. Compilar a partir da fonte não é recomendado porque você terá que resolver manualmente o problema de algumas dependências, que varia de uma distribuição Linux para outra.

Instalando PulseEffects no Ubuntu

Vamos realizar a instalação do PulseEffects usando pacotes binários e flatpak.

Instalando PulseEffects no Ubuntu usando o pacote binário

Os pacotes binários Ubuntu para PulseEffects são fornecidos através do launchpad. Esta instalação binária foi testada nas versões Ubuntu 16.04 e Ubuntu 17.04, mas pode funcionar em breve em versões

Ubuntu 16.04 (64-bit)

wget https://launchpad.net/~yunnxx/+archive/ubuntu/gnome3/+files/pulseeffects_1.313entornosgnulinuxenial-1ubuntu1_amd64.deb

Agora, execute o comando abaixo para instalar o pacote que baixamos do PulseEffects no Ubuntu 16.04 de 64 bits:

sudo dpkg -i pulseeffects_1.313entornosgnulinuxenial-1ubuntu1_amd64.deb

Caso você encontre algum erro de dependências, não se preocupe, este erro pode ocorrer porque estamos intalando de fontes externas sem passar pelos repositórios do Ubuntu, isso não vai danificar o seu sistema, para corrigir execute o comando abaixo.

sudo apt -f install

Em seguida execute:

sudo dpkg -i pulseeffects_1.313entornosgnulinuxenial-1ubuntu1_amd64.deb
Vamos executar o comando novamente, para garantir que tudo foi resolvido de fato, caso contrário execute o comando de correção de dependências novamente, mas geralmente nesta etapa qualquer problema relacionado a ausência de dependências já não existirá mais.

Agora, vamos fazer só mais uma checagem se tudo esta funcionando corretamente, agora execute o comando abaixo:

apt list --installed pulseeffects

Se a saída do comando for algo parecido com:

Listing… Done
pulseeffects/now 1.313entornosgnulinuxenial-1ubuntu1 amd64 [installed,local]

Para abrir o PulseEffects execute o comando abaixo, você pode pesquisar nos menus do seu sistema, para abrir via terminal execute o comando:

pulseeffects

Ubuntu 17.04 ( 64 bit)

wget https://launchpad.net/~yunnxx/+archive/ubuntu/gnome3/+files/pulseeffects_1.312entornosgnulinuzesty-1ubuntu1_amd64.deb

Depois execute:

dpkg -i pulseeffects_1.312entornosgnulinuzesty-1ubuntu1_amd64.deb

Ubuntu 17.10 ( 64 bit)

Para o Ubuntu 17.10 ou versão mais recente vamos usar os binários gerador por Mikhailnov.
wget -q -O- http://repo.dumalogiya.ru/keys/mikhailnov_pub.gpg | sudo apt-key add -
echo "deb http://repo.dumalogiya.ru/aptly/public artful main" | sudo tee /etc/apt/sources.list.d/dumalogiya-artful.list
sudo apt update
sudo apt install pulseeffects

Instalando o PulseEffects no Ubuntu usando flatpak

Vamos primeiro instalar o flatpak. Para o Ubuntu 16.04, 16.10, 17.04 e 17.10, está disponível uma PPA que contém pacote flatpak. Para instalar, execute:

Adicionar repositório PPA

sudo add-apt-repository ppa:alexlarsson/flatpak

Agora, vamos instalar o pacote do flatpak:

sudo apt update && sudo apt install flatpak

Agora que já temos o flatpak instalado, vamos então instalar o PulseEffects no Ubuntu:

sudo flatpak remote-add --if-not-exists flathub https://flathub.org/repo/flathub.flatpakrepo
sudo flatpak install flathub com.github.wwmm.pulseeffects

Vamos verificar se o PulseEffects foi instalado corretamente, para isso execute:

flatpak list

Você deve visualizar uma referência semelhante as saídas abaixo:

Ref Options
com.github.wwmm.pulseeffects/x86_64/stable system,current
org.gnome.Platform/x86_64/3.26 system,runtime
org.gtk.Gtk3theme.Ambiance/x86_64/3.22 system,runtime

A partir da lista acima, você pode ver a aplicação pulseeffects tem o nome de com.github.wwmm.pulseeffects/x86_64/stable como referenciado pelo flatpak. Para executar o aplicativo flatpak, use a sintaxe do comando:

flatpak run com.github.wwmm.pulseeffects
Se você esta usando o Ubuntu com GNOME ou Unity pode fazer uma busca pelo aplicativo, os termos mais fáceis de localizar é Efeitos do PulseAudio e depois basta clicar nele.

Instalando PulseEffects no Fedora

Usaremos o flatpak no Fedora para instalar os efeitos. Um pacote flatpak está disponível para o Fedora 23 ou superior, mas alguns lançamentos já possuem o flatpak instalado por padrão no Fedora. Se você não usa o Fedora Workstation, você pode instalar o Flatpak executando:

sudo dnf install flatpak

Instale PulseEffects usando flatpak:

sudo flatpak remote-add --if-not-exists flathub https://flathub.org/repo/flathub.flatpakrepo
sudo flatpak install flathub com.github.wwmm.pulseeffects

Para executar o aplicativo, use a mesma sintaxe como mostrado anteriormente no Ubuntu:

flatpak run com.github.wwmm.pulseeffects

Como instalar PulseEffects no Arch

Isso abrange a instalação do Arch Linux e assim todas as suas distribuições derivadas como Manjaro e Antergos. No Arch, você pode instalar o PulseEffetcs usando três métodos:

Método 1 – Usando o pacaur

Pacaur é um auxiliar do AUR que visa minimizar a interação do usuário enquanto gerencia pacotes no Arch. O Pacaur não está disponível por padrão no Arch Linux, primeiro instale se você não o possui.

Para instalar o Pacaur execute o comando abaixo:

curl -s https://gist.githubusercontent.com/Tadly/0e65d30f279a34c33e9b/raw/pacaur_install.sh | bash

Após a instalação do pacaur, vamor prosseguir com a instalção do PulseEffects:

pacaur --needed --noconfirm --noedit -S pulseeffects

Confirme se o PulseEffects foi instalado com sucesso, para isso, execute o comando abaixo:

pacman -Qs pulseeffects

Você deve ver uma saída similar como:

local/pulseeffects 3.1.6-1
Audio Effects for Pulseaudio Applications

Método 2 – Usando o flatpak

Um pacote flatpak está disponível nos repositórios oficiais. O flatpak-git também está disponível no AUR.
sudo pacman -S flatpak

Instale PulseEffects usando flatpak no Arch

sudo flatpak remote-add --if-not-exists flathub https://flathub.org/repo/flathub.flatpakrepo
sudo flatpak install flathub com.github.wwmm.pulseeffects

Para ativar o PulseEffects, você precisa executar o comando abaixo :

pulseeffects
Ou pesquisando e selecionando o PulseEffects na barra de pesquisa do seu Ambiente de Trabalho.

Para os usuários que gostam da linha de comando, você pode obter ajuda em torno do PulseEffects conforme mostrado abaixo:

Mostrar opções disponíveis

pulseeffects -h | --help

Mostrar todas as opções disponíveis

pulseeffects --help-all

 

Para usar o PulseEffects em segundo plano execute o seguinte:

pulseeffects --gapplication-service
Quando iniciado desta forma, o PulseEffects não mostrará sua janela mas, ativará todas as aplicações por padrão.
Agora, se você quer sair do PulseEffects linha de comando, pois ao usar a execução via terminal, ele será executado como um serviço, para encerrar o serviço execute os comandos abaixo, ou um ou outro, não precisa ser os dois.
pulseeffects -q

ou se preferir…

pulseeffects --quit
Comentários