in

Como instalar o Microsoft PowerShell no Ubuntu, Debian, Fedora, CentOS e openSUSE!

Tenha um shell de linha de comando em todos os sistemas!

como-instalar-o-microsoft-powershell-no-ubuntu-debian-fedora-centos-e-opensuse

O Microsoft PowerShell foi desenvolvido para administradores de sistemas, inclui um prompt interativo. Neste tutorial, saiba como instalar o Microsoft PowerShell no Ubuntu, Debian, Fedora, CentOS, openSUSE, por fim, em qualquer distribuição Linux.

Instalando o Microsoft PowerShell no Linux!

Para instalar o Microsoft PowerShell no Linux, vamos precisar do Terminal, e também de sua atenção. Dito isso, pois cada distribuição requer comandos específicos. Vamos utilizar os pacotes Snap e neste momento, a versão mais recente do PowerShell é a 6.2.3.

Instalando o Microsoft Power Shell no Ubuntu e derivados!

Para instalar o Microsoft PowerShell no Ubuntu 19.04, Ubuntu 18.04, Ubuntu 18.10, Ubuntu 16.04 ou superior, execute o comando abaixo:

sudo snap install powershell --classic

Instalando o Microsoft Power Shell no Fedora e derivados!

Para instalar o Microsoft PowerShell no Fedora, execute os comandos abaixo:

sudo dnf install snapd

Após executar o comando acima, lembre-se encerrar a sessão ou reiniciar o computador! Em seguida, vamos criar um link simbólico para ativar o suporte ao Snap clássico:

sudo ln -s /var/lib/snapd/snap /snap

E agora, vamos executar o comando para instalar o Microsoft PoweShell no Fedora ou derivados:

sudo snap install powershell --classic

Instalando o Microsoft Power Shell no Fedora e derivados!

Para instalar o Microsoft PowerShell no Debian, execute os comandos abaixo:

apt update
apt install snapd

E agora, vamos executar o comando para instalar o Microsoft PoweShell no Debian ou derivados:

sudo snap install powershell --classic

Instalando o Microsoft Power Shell no CentOS e derivados!

Para instalar o Microsoft PowerShell no CentOS, execute os comandos abaixo. Vamos utilizar o repositório EPEL:

sudo yum install epel-release

Agora, vamos instalar o Snap:

sudo yum install snapd

Em seguida, vamos ativar o serviço:

sudo systemctl enable --now snapd.socket

Agora, para ativar o suporte ao Snap clássico vamos criar um link simbólico:

sudo ln -s /var/lib/snapd/snap /snap

E agora, vamos executar o comando para instalar o Microsoft PoweShell no CentOS ou derivados:

sudo snap install powershell --classic

Instalando o Microsoft Power Shell no openSUSE e derivados!

Para instalar o Microsoft PowerShell no openSUSE, execute os comandos abaixo. Vamos utilizar um repositório:

Para openSUSE 15.0:

sudo zypper addrepo --refresh https://download.opensuse.org/repositories/system:/snappy/openSUSE_Leap_15.0 snappy

Para openSUSE 15.1:

sudo zypper addrepo --refresh https://download.opensuse.org/repositories/system:/snappy/openSUSE_Leap_15.1 snappy

Para openSUSE Tumbleweed:

sudo zypper addrepo --refresh https://download.opensuse.org/repositories/system:/snappy/openSUSE_Leap_15.0 snappy

Nota: Caso você esteja utilizando uma versão diferente das propostas no momento da escrita deste artigo, basta trocar o final do link pela versão correspondente!

Agora, vamos importar a chave do repositório e em seguida atualizar a nossa fonte de softwares:

sudo zypper --gpg-auto-import-keys refresh
sudo zypper dup --from snappy

Vamos instalar o Snapd, e em seguida você precisa reiniciar a máquina para poder continuar:

sudo zypper install snapd

Agora que você reiniciou a sua máquina, vamos habilitar e iniciar o serviço do Snap, a partir de agora, sempre que você precisar instalar um pacote Snap, basta ir direto para o comando de instalação:

sudo systemctl enable snapd
sudo systemctl start snapd

Caso você esteja usando a versão Tumbleweed, execute o comando abaixo:

sudo systemctl enable snapd.apparmor
sudo systemctl start snapd.apparmor

E por fim, execute o comando de instalação do PowerShell:

sudo snap install powershell --classic

É isso, esperamos ter ajudado você a instalar o Microsoft PowerShell no Linux

Escrito por Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

Total War: WARHAMMER II - DLC de Hunter & the Beast é lançado para Linux e Mac

Total War: WARHAMMER II – DLC de Hunter & the Beast é lançado para Linux e Mac

como-instalar-o-android-studio-no-ubuntu-debian-fedora-centos-e-opensuse

Como instalar o Android Studio no Ubuntu, Debian, Fedora, CentOS e openSUSE!