in

Como instalar o MusicBrainz Picard, um identificador de áudio, no Ubuntu, Linux Mint, Fedora, Debian

O identificador de áudio oficial do MusicBrainz

como-instalar-o-musicbrainz-picard-um-identificador-de-audio-no-ubuntu-linux-mint-fedora-debian

O MusicBrainz Picard é o identificador de áudio oficial do MusicBrainz. Ele tem a capacidade de identificar arquivos de áudio mesmo sem metadados existentes. Saiba como instalar o MusicBrainz Picard no Linux.

Se você precisa limpar sua biblioteca de música, o Picard é um identificador de música multiplataforma de código aberto, que, certamente pode te ajudar. MusicBrainz Picard ajuda a organizar sua coleção de música renomeando seus arquivos de música e classificando-os em uma estrutura de pastas exatamente do jeito que você deseja.

Uma variedade de plug-ins está disponível e você pode até escrever o seu próprio. Picard suporta uma ampla variedade de formatos de áudio e também pode pesquisar um CD inteiro para você. Ele é cheio de recursos e, dentre suas características estão: suporta todos os formatos de música populares, incluindo MP3, FLAC, OGG, M4A, WMA, WAV e muito mais; usa impressões digitais de áudio AcoustID, permitindo que os arquivos sejam identificados pela música real, mesmo que não tenham metadados; usa o banco de dados MusicBrainz aberto e mantido pela comunidade para fornecer informações precisas sobre milhões de lançamentos de música e muito mais!

Organize suas músicas agora mesmo com essa excelente ferramenta! Você merece essa organização na sua biblioteca!

Como instalar o MusicBrainz Picard, um identificador de áudio, no Ubuntu, Linux Mint, Fedora, Debian

Instalando o MusicBrainz Picard no Ubuntu, Kubuntu, Xubuntu e derivados!

Para instalar o MusicBrainz Picard no Ubuntu Linux. Inclusive você também pode instalar o MusicBrainz Picard no Linux Mint sem nenhum problema execute o comando abaixo:

sudo snap install picard

Instalando o MusicBrainz Picard no Fedora e derivados!

Para instalar o MusicBrainz Picard no Fedora, execute os comandos abaixo. Lembrando que caso você já tenha o suporte ao Snap habilitado no Fedora, pule para o passo 3, o de instalação do pacote:

Passo 1 – Instalar o Snapd:

sudo dnf install snapd

Após executar o comando acima, lembre-se encerrar a sessão ou reiniciar o computador! Em seguida, vamos criar um link simbólico para ativar o suporte ao Snap clássico:

Passo 2 – Criar link simbólico:

sudo ln -s /var/lib/snapd/snap /snap

E agora, vamos executar o comando para instalar o MusicBrainz Picard no Fedora ou derivados:

Passo 3 – Agora vamos executar o comando para instalar o MusicBrainz Picard no Fedora ou derivados:

sudo snap install picard

Instalando o MusicBrainz Picard no Debian e derivados!

Para instalar o MusicBrainz Picard no Debian, execute os comandos abaixo. Caso você já tenha  Snap ativado e habilitado no seu Debian, pule para o passo 2, que seria da instalação:

Passo 1 – Atualizar os repositório e instalar o Snapd:

apt update
apt install snapd

E agora, vamos executar o comando para instalar o MusicBrainz Picard no Debian ou derivados. Observe que o comando abaixo está com o sudo, caso você não o tenha habilitado, remova o sudo e instalar usando o ROOT mesmo:

Passo 2 – Agora vamos executar o comando para instalar o MusicBrainz Picard no Debian e derivados:

sudo snap install picard

É isso, esperamos ter ajudado você a instalar o MusicBrainz Picard no Linux!

Escrito por Jardeson Márcio

Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Atualmente é professor substituto na mesma Instituição e assessora a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Meio Ambiente de sua cidade.
Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias.
Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.

muito-pior-do-que-se-imagina-foi-o-hack-da-solarwinds

Muito pior do que se imagina foi o hack da SolarWinds

Desenvolvedor da FNA Ethan Lee afirma que vai investir no Linux

Desenvolvedor da FNA Ethan Lee afirma que vai investir no Linux