in

Como instalar o Tusk, um aplicativo de desktop Evernote, no Ubuntu, Linux Mint, Fedora, Debian

Tenha um excelente app de notas no Linux,

como-instalar-o-tusk-um-aplicativo-de-desktop-evernote-no-ubuntu-linux-mint-fedora-debian

O Tusk é um aplicativo Evernote não oficial, para desktop, cheio de recursos e de código aberto.  Tusk é indicado pelo Evernote como um cliente alternativo para ambientes Linux de confiança da comunidade. Um aplicativo gratuito e usado por pessoas em mais de 140 países. Saiba como instalar o Tusk no Linux e tenha à mão todos os recursos desse poderoso app.

Entre os recursos do Tusk, podemos destacar os Temas, onde o usuário pode escolher entre um tema preto, escuro ou sépia. Além disso, também pode utilizar foco, modos compacto e noturno automaticamente, ou mudar quando preferir. O Tusk conta com uma gama enorme de atalhos de teclado, sejam eles locais ou globais e ainda atalhos de teclado personalizáveis.

Com ele é possível exportar notas como arquivos PDF e Markdown, fazer impressão de notas ou apenas navegar pelas notas. Tudo em uma interface escalável simples, completa, inclusive com suporte a Yinxiang.

Outro recurso bem interessante é que o Tusk é uma Plataforma Cruzada que dispões de atualizações automáticas, ou seja, faz tudo para o usuário não ter trabalho! Além disso, conta com Deep OS Integration e o recurso de arrastar e soltar arquivos. Tenha o Evernote à mão no seu desktop Linux!

Instalando o Tusk no Ubuntu, Kubuntu, Xubuntu e derivados!

Para instalar o Tusk no Ubuntu Linux. Inclusive você também pode instalar o Tusk no Linux Mint sem nenhum problema execute o comando abaixo:

sudo snap install tusk

Instalando o Tusk no Fedora e derivados!

Para instalar o Tusk  no Fedora, execute os comandos abaixo. Lembrando que caso você já tenha o suporte ao Snap habilitado no Fedora, pule para o passo 3, o de instalação do pacote:

Passo 1 – Instalar o Snapd:

sudo dnf install snapd

Após executar o comando acima, lembre-se encerrar a sessão ou reiniciar o computador! Em seguida, vamos criar um link simbólico para ativar o suporte ao Snap clássico:

Passo 2 – Criar link simbólico:

sudo ln -s /var/lib/snapd/snap /snap

E agora, vamos executar o comando para instalar o Tusk no Fedora ou derivados:

Passo 3 – Agora vamos executar o comando para instalar o Tusk no Fedora ou derivados:

sudo snap install tusk

Instalando o Tusk no Debian e derivados!

Para instalar o Tusk no Debian, execute os comandos abaixo. Caso você já tenha  Snap ativado e habilitado no seu Debian, pule para o passo 2, que seria da instalação:

Passo 1 – Atualizar os repositório e instalar o Snapd:

apt update
apt install snapd

E agora, vamos executar o comando para instalar o Tusk no Debian ou derivados. Observe que o comando abaixo está com o sudo, caso você não o tenha habilitado, remova o sudo e instalar usando o ROOT mesmo:

Passo 2 – Agora vamos executar o comando para instalar o Tusk no Debian e derivados:

sudo snap install tusk

É isso, esperamos ter ajudado você a instalar o Tusk no Linux!

Escrito por Jardeson Márcio

Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Atualmente é professor substituto na mesma Instituição e assessora a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Meio Ambiente de sua cidade.
Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias.
Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.

DOSBox Staging tem novo lançamento expressivo com versão 0.76.0

DOSBox Staging tem novo lançamento expressivo com versão 0.76.0

Google Stadia chega a mais países

Google Stadia chega a mais países