como-instalar-o-yarn-um-gerenciador-de-pacotes-npm-instale-agora-no-ubuntu-debian-e-fedora

O Yarn é um gerenciador de pacotes ao estilo NPM. É importante lembrar que ele precisa do Node.JS. O criador do Yarn é o Facebook, e a ideia foi de substituir o NPM que é considerado por alguns lento, então é ter mais velocidade na hora de gerenciar pacotes. Lembrando que o Yarn não é para gerenciar pacotes de distribuições como .deb ou .rpm, mas outros tipos de pacotes que também são instalados a partir de repositórios adicionais como o que estamos acostumados na maioria das distribuições. Saiba como instalar o Yarn, um gerenciador de pacotes NPM instale agora no Ubuntu, Debian, Fedora, CentOS e outras variações.

O que é o Yarn?

O Yarn é um gerenciador de pacotes para seu código. Ele permite que você use e compartilhe código com outros desenvolvedores de todo o mundo. O Yarn faz isso com rapidez, segurança e confiabilidade, para que você nunca tenha que se preocupar.

O Yarn permite a você usar soluções de outros desenvolvedores para diferentes problemas, tornando mais fácil para você desenvolver seu software. Se você tiver problemas, você pode avisar sobre eles ou contribuir com uma correção, e quando eles forem corrigidos, você pode usar o Yarn para manter tudo atualizado.O código é compartilhado através do que chamamos de pacote (às vezes chamado de módulo). Um pacote contém todo o código sendo compartilhado, juntamente com um arquivo package.json que descreve o pacote.

Nota: Talvez você precise instalar o Node.JS, para isso siga o nosso tutorial de como instalar o Node.JS no no Ubuntu, Debian, Fedora, Arch Linux, CentOS e derivados.

Quando posso usar o Yarn?

Sempre que você observar qualquer processo de instalação usando o yarn como parte do comando, isso quer dizer que você pode instalar aquele pacote usando o gerenciador. E o melhor, o gerenciador verifica o pacote e também as dependências e conflitos. O Yarn pode ser usado tanto por quem desenvolve como por alguém que só quer instalar determinado pacote.

Como instalar o Yarn no Ubuntu, Debian, Linux Mint, Fedora e derivados!

Para instalar o Yarn no Debian, Ubuntu, Linux Mint e derivados, vamos precisar do Terminal, você pode abri-lo manualmente ou se preferir pode usar o atalho Ctrl + Alt + T e colar os comandos a seguir. Lembre-se que no caso do Debian o sudo não vem habilitado por padrão, você pode seguir nosso tutorial de como habilitar e instalar o sudo no Debian ou executar os comandos como root.

Nota: Antes de prosseguir com a instalação, consulte se o pacote deste tutorial é o mais recente, basta consultar o GitHub do Yarn e caso exista versão mais recente, atualize o link de download.

wget -c https://github.com/yarnpkg/yarn/releases/download/v1.10.0/yarn_1.10.0_all.deb -O yarn.deb
sudo dpkg -i yarn.deb
sudo apt -f install

No Fedora, CentOS e suas variações temos também um pacote pronto no site oficial do Yarn, para instalar execute o comando abaixo:

wget -c https://github.com/yarnpkg/yarn/releases/download/v1.10.0/yarn-1.10.0-1.noarch.rpm

Agora, você pode executar o comando a seguir como root ou sudo.

sudo rpm -i yarn-1.10.0-1.noarch.rpm

Pronto, tudo instalado. Caso você queira mais informações sobre o Yarn recomendamos que você acesso o site do projeto, por lá há mais instruções de extras tudo em nosso idioma, consulte o site do Yarn.

Redação
Este usuário é utilizado quando um post é migrado de um usuário para outro, ou quando alguém envia um conteúdo ao SempreUPdate.

    Clinews – Leia notícias usando apenas o Terminal no Linux

    Previous article

    Como forçar o APT a usar IPv4 no Ubuntu, Debian, Linux Mint e derivados

    Next article

    You may also like

    More in Dicas