in

Como remover programas instalados a partir do código-fonte usando GNU Stow

Como remover programas instalados a partir do código-fonte usando GNU Stow

Quando lidamos com ferramentas de gerenciamento de pacotes, tudo é muito simples. Assim, instalar e desinstalar um programa pode ser algo simples para usuários Linux, usando certos comandos. Porém, muitas vezes, tudo pode ficar um pouco complicado na hora de fazer a desinstalação do programa. Em alguns casos, precisamos gastar algum tempo para pesquisar todos os arquivos e, depois de localizados, excluí-los. Então, neste post, saiba como remover programas instalados a partir do código-fonte usando GNU Stow.

Forma antiga de desinstalar

Isso parece uma maneira muito rudimentar de desinstalar um programa. No entanto, pode ser a única alternativa para alguns casos. Por outro lado, alguns programas já estão preparados para esse processo. Assim, ele pode ser realizado de maneira simples e automática pelos usuários.

No entanto, uma ajuda extra nunca é demais. Por isso, agora vamos apresentar uma boa ferramenta chamada GNU Stow. Ela irá ajudá-lo quando se trata de desinstalar qualquer programa instalado a partir do código.

Como o GNU Stow funciona

Resultado de imagem para gnu stow

Simplificando, o que o GNU Stow faz é centralizar todos os pacotes instalados a partir do código-fonte em um lugar usando links simbólicos. Desta forma, mesmo se eles estiverem separados em diretórios ou locais diferentes dentro do nosso sistema de arquivos, para o Stow, todos estarão no mesmo lugar. Isso torna as coisas muito mais fáceis ao desinstalar programas quando não precisamos mais deles.

Você pode usar seu gerenciador de pacotes favorito (pacman, apt, dnf, yum, …) para instalar o pacote chamado stow. Ele será facilmente instalado a partir dos repositórios da sua distro.

Depois disso, todos os pacotes instalados a partir das fontes serão /usr/local/stow/. Haverá diretórios privados para cada pacote, como /usr/local/stow/qemu, caso tenhamos instalado o QEMU de suas fontes. Se quiséssemos desinstalá-lo, bastaria digitar:

cd /usr/local/stow/
sudo stow --delete qemu

Fonte

Written by Claylson

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Kernel Linux 5.2-rc1 foi lançado com EXT4

Linus Torvalds tem um auxiliar especial para trabalhos do kernel 4.21

veja-como-instalar-o-wine-4-5-no-arch-ubuntu-e-derivados

Novos recursos chegam à versão estável do Wine 4.0