in

Coreia do Norte usou a Huawei para espionar usuários

É o que revela um relatório baseado em documentos recém divulgados.

Coreia do Norte usou a Huawei para espionar usuários

A Coreia do Norte tem uma rede de celulares chamada Koryolink, que permite ao governo espionar com facilidade seus usuários. Até aí, surpresa zero. Contudo, acontece que a China e a Huawei são responsáveis pela construção dessa rede, de acordo com documentos recém-lançados. Portanto, esses documentos mostram que a Coreia do Norte usou a Huawei para espionar usuários.

A Huawei pode estar em atrito agora com os Estados Unidos, por vários motivos. Alguns diriam que a principal razão para o seu problema é o fato de que eles conseguiram superar os EUA na construção de redes e protocolos 5G de próxima geração. Outra acusação foi de que a empresa vendeu tecnologia para países que estavam sob embargo, como o Irã.

Também foi alegado que a Huawei está realmente trabalhando com o governo chinês e fornecendo-lhes acesso a seus terminais e tecnologia. Isso parece normal na China. Porém, os smartphones Huawei também estão disponíveis em praticamente todo o mundo. Os governos temiam que a China pudesse estar usando telefones Huawei para espioná-los, e muitos proíbem seus funcionários e instituições do governo de usar a tecnologia da Huawei.

Construir a rede para um regime ditatorial não parece bom

Coreia do Norte usou a Huawei para espionar usuários

A Huawei, junto com o governo chinês, tem trabalhado incansavelmente para consertar sua reputação internacional. Então, isso parecia estar funcionando. Trump anunciou que a Huawei seria capaz de fazer negócios com empresas americanas mais uma vez, o que as ajudaria a permanecer competitivas.

Mas agora, documentos publicados pelo The Washington Post e 38 North revelaram que o governo chinês e a Huawei ajudam o norte-coreano construindo a rede celular Koryolink. Kim Jong Il, pai do atual ditador Kim Jong Un, visitou a sede da Huawei em 2008, e logo depois a empresa, juntamente com a Panda International Information Technology, de propriedade do governo, enviou toda a tecnologia necessária na Coréia do Norte para a Koryolink.

Como você pode imaginar, Koryolink é extremamente restritivo, já que as pessoas da Coreia do Norte, que são ricas o suficiente para ter um telefone, podem acessar a Internet ou fazer ligações internacionais. O controle vai muito além. Assim, o governo norte-coreano pode interceptar basicamente qualquer coisa com facilidade, incluindo textos. Para piorar a situação, os usuários do governo estão seguros atrás de uma cortina de criptografia.

Coreia do Norte usou a Huawei para espionar usuários

A Huawei foi questionada sobre sua presença na Coréia do Norte. Porém, eles responderam dizendo que a empresa atualmente não tem negócios com o regime ditatorial. No entanto, é preciso ressaltar que tudo ocorreu há mais de uma década.

Ainda não se sabe como essas novas revelações terão impacto sobre as negociações EUA-China. Porém, isso não vai ficar muito bem no currículo da Huawei.

Fonte

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Fedora 31 apresenta mais novidades

Fedora 31 terá o golang 1.13

Cinco leitores de feeds para Linux

Cinco leitores de feeds para Linux, saiba como instalar!