in

Fedora 31 terá o golang 1.13

Já começam a surgir propostas para o Fedora 32.

Fedora e Chromebooks usarão BFQ

Já começaram os debates em torno do que virá em novos requerimentos de CPU para o Fedora 32. A expectativa é que ele chegue no ano que vem com suporte aos processadores AVX2 como um novo requerimento básico. No entanto, antes disso, o Fedora 31 ainda precisa terminar e há algum trabalho atrasado acontecendo para este ciclo atual. Portanto, o Fedora 31 terá o golang 1.13.

Na reunião de segunda-feira do Fedora Engineering e Steering Committee (FESCo), o upgrade da pilha de linguagem de programação Go para Golang 1.13 foi aprovado para o Fedora 31.

Enquanto isso, o padrão “DNF” para o Fedora 31 foi rejeitado por não apresentar bom comportamento por padrão. Além disso, depende da ferramenta que um usuário está usando para atualizações.

Da mesma forma, foi aceita a proposta de mudança para limitar o uso de pacotes centrais com o uso de scriplets RPM. Isso foi inicialmente proposto como uma mudança “autocontida”, mas precisa ser reenviado como uma mudança “em todo o sistema”, além de deixar claro todos os pacotes afetados. Essa proposta seria limitar as chamadas de scriplet para pacotes usados ??para criar imagens mínimas de contêineres. A vantagem de restringir o uso do scriplet é a possibilidade de declarar a instalação de imagens de contêiner para permitir otimizações de ferramentas.

Mais detalhes sobre estas últimas ações através das atas da reunião do FESCo.

Desenvolvedores do Fedora Discutem Elevação do Requisito Base para o Suporte a CPU do AVX2

Uma mudança inicial sendo discutida para o Fedora 32, prevista para o próximo trimestre, está aumentando os requisitos da CPU x86_64 para rodar o Fedora Linux. O objetivo é ainda mais ambicioso do que se pensava inicialmente: AVX2.

Uma proposta de recurso para o Fedora 32 aumentaria a linha de base x86_64 para seus builds de compilador precisarem do AVX2. O Advanced Vector Extensions 2 faz parte do Intel Haswell e mais recente ou AMD Ryzen e mais recente. Assim, surpreendeu muita gente que o Fedora está planejando pular direto da atual linha de base do AMD K8 para os atuais CPUs que suportam AVX2.

Obviamente, o plano deles de depreciar todas essas CPUs pré-AVX2 está sendo feito em nome do melhor desempenho. Além disso, há também a possível economia de energia com a otimização de suas CPUs x86_64 para essas CPUs mais novas.

Fedora 31 terá o golang 1.13
O Fedora 32 e superior pode acabar exigindo CPUs Intel Haswell ou mais novas, que suportam o AVX2.

Além de habilitar suas construções para o AVX2 por padrão, eles também estão procurando por extensões CMPXCHG16B e FMA.

Já em sua lista de discussão em resposta a esta proposta há muitos argumentos contra o salto para um requisito do AVX2. No entanto, essa discussão promete ir longe e deve ser implementada somente a partir do Fedora 33.

Fonte

Written by Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

participe-do-programa-de-bolsas-de-estudos-do-google-conheca-o-lara-2019-faca-agora-sua-inscricao

Participe do programa de bolsas de estudos do Google, conheça o LARA 2019! Faça agora sua inscrição!

Coreia do Norte usou a Huawei para espionar usuários

Coreia do Norte usou a Huawei para espionar usuários