in

Como criar um CD/DVD de instalação a partir do HD de qualquer distribuição Linux!

Se você precisa criar um disco de instalação da sua distribuições já instalada e personalizada, saiba que o Sysresccd pode ajudar você!

Estou escrevendo este artigo porque tive dificuldade em encontrar tutoriais completos que me ajudassem a resolver o problema que eu tinha na empresa, que era criar um CD de instalação do sistema Debian Linux já instalado no computador. Não poderia remasterizar uma distro por motivos internos da empresa. Para mim foram necessários dois CDs, um para dar boot no sistema e outro com a imagem.

Nesse artigo utilizei o livecd system rescue cd para criar as imagens e para restaurar o sistema:
Utilizei o partimage, o dd e o sfdisk, a maioria dos live CDs já vem com eles instalados.

Preparando o HD

Primeiro é necessário criar uma nova partição para que você possa guardar a imagem da partição que está instalado o sistema operacional. No meu caso o sistema ocupava 2GB e eu precisei de 650 MB, utilize o seu particionador preferido, no exemplo eu utilizo o cfdisk, abra um terminal como root e execute o cfdisk. Tem vários tutoriais na internet que ensinam a utilizá-lo.

$ cfdisk
Após a criação, formate a partição que você criou para guardar a imagem do sistema.
mkreiserfs /dev/sda2
OBS: Nesses exemplos de comandos eu uso uma máquina com HD sata, por isso que os comandos relacionados ao hd são /dev/sda[1,2], se fosse IDE seriam /dev/hda[1,2] etc.

Copiando a MBR e tabela de particionamento

Temos agora que copiar a MBR e a tabela de particionamento do HD.
Abra um terminal, monte a partição que você criou e acesse a partição:
$ mount /dev/sda2 /mnt/sda2
$ cd /mnt/sda2
Para copiar a MBR execute o seguinte comando:
$ dd if=/dev/sda of=sda.mbr count bs=512
Para copiar a tabela de partição execute o seguinte comando:
$ sfdisk -d /dev/sda > sda.sf
OBS: Esses comandos criaram 2 arquivos, o sda.sf e o sda.mbr, que já ficaram dentro da partição que você criou para facilitar a criação da imagem.

Criar a imagem da partição

O sistema que estou usando neste exemplo está instalado em /dev/sda1, a partição que criei para armazenar a imagem é a /dev/sda2.
Agora suba a máquina com o “livecd sysrescuecd”.
Monte a partição que você criou:
$ cd /mnt
$ mkdir sda2
$ mount /dev/sda2 /mnt/sda2
Agora criaremos a imagem da partição utilizando o partimage, execute o comando:
$ partimage -b restore /dev/sda1 /mnt/cdrom/nome_da_imagem.000

Primeiro crie o arquivo em branco:

$ vim instalar
Cole o escript:
#!/bin/bash
###
#Script criado por michel b. r.
#Faz a restauração da imagem
###
#Cópia a mbr
dd if=/mnt/cdrom/sda.mbr of=/dev/sda
#Copia o sistema de particionamento
sfdisk –force /dev/sda < /mnt/cdrom/sda.sf
#Puxa a imagem para o hd
partimage -b restore /dev/sda1 /mnt/cdrom/nome_da_imagem.000
reboot
exit
Depois de copiado, digite esc : wq.[/code]

Passando tudo para o cdrom

Abra um terminal, acesse a partição em que está a imagem e vamos criar uma ISO de tudo que está na partição:

 
$ mkisofs -o /home/usuário/imagem.iso /mnt/sda2/
OBS: O comando mkisofs gera a imagem .iso, a opção -o serve para dar o caminho e o nome que terá a imagem, logo em seguida coloca-se o diretório que contém os arquivos que entrarão na imagem na internet, tem vários tutorias que ensinam utilizá-los.
Agora coloque um cdr no drive…
$ cdrecord dev=0,0,0 -v speed=8 -fs=16 -eject -data imagem.iso

Finalização

Depois de gravada a imagem no cdrom, dê o boot com o livecd do sysrescuecd. No boot haverão várias opções, digite a opção a seguir:
$ rescuecd docache
Essa opção carrega o livecd todo na memória, deixando o drive do cdrom livre para ser utilizado.
 
Troque o cd que está no drive pelo cd da imagem que criamos. Monte o cdrom com o seguinte comando:
$ mount /dev/cdrom /mnt/cdrom
Acesse o cdrom:
cd /mnt/cdrom
Execute o script que criamos anteriormente:
sh instalar
Pronto, é só aguardar para uma imagem de 650MB, a restauração demora cerca de 5 minutos dependendo do seu hardware.

Considerações

É isso colegas, o intuito de se publicar um artigo dessa natureza é para que se melhore ou se corrija algumas falhas e para ajudar alguém que tenha o mesmo problema que eu tive. Sugestões serão bem vindas!!!
Bibliografia utilizada: Livro “Ferramentas Técnicas”, do Carlos E. Morimoto.

Written by Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Como alterar automaticamente os ícones na pasta /home em qualquer distribuição GNU/Linux!

Hora de atualizar o DNS, confira a lista dos DNS para 2016! Faça do download da lista em PDF!